PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Torcedores do Vasco arremessam pedras contra carro de jogador após derrota

Bruno Gomes lamenta empate do Vasco com o Corinthians no Campeonato Brasileiro - Marcello Zambrana/AGIF
Bruno Gomes lamenta empate do Vasco com o Corinthians no Campeonato Brasileiro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/06/2021 23h39Atualizada em 17/06/2021 15h17

O volante Bruno Gomes e o atacante Leo Jabá, do Vasco, lamentaram o ataque que sofreram de alguns torcedores após a derrota por 2 a 0 contra o Avaí pela série B do Brasileirão. Na saída de São Januário, eles tiveram os respectivos carros apedrejados. Ninguém ficou ferido.

"E se eu estou com o vidro aberto? E se eu perco o controle da direção? E meu prejuízo no carro? Estávamos eu e Matías no carro, e isso podia ter acabando com um acidente grave!", escreveu Bruno Gomes no Twitter, que apagou a postagem logo em seguida.

Bruno Gomes lamenta ataque de torcedores  - Instagram - Instagram
Bruno Gomes lamenta ataque de torcedores do Vasco
Imagem: Instagram

No vídeo, que circula nas redes sociais, os torcedores esperam os veículos se aproximarem e tacam objetos, reclamando da atuação do clube. Bruno, que nem foi titular da partida, estava acompanhado do paraguaio Matías Galarza, que entrou em campo na segunda etapa.

Leo Jabá também se manifestou pelas redes sociais. Em uma publicação no "stories" do Instagram, que fica disponível por um tempo determinado, ele publicou uma foto da parte do veículo que foi atingida e diz que os protestos da torcida são aceitáveis, mas repudia condutas violentas.

"Protestar e criticar é totalmente aceitável. Somos atletas profissionais e estamos acostumados com julgamentos todos os dias. O que não dá para aceitar são condutas violentas, que colocam em risco a integridade física de trabalhadores em perigo. Ninguém fica feliz com um momento ruim. Ninguém trabalha para fazer as coisas de forma errada", escreveu.

Leo Jabá, atacante do Vasco, teve carro apedrejado após derrota para o Avaí, em São Januário, pela Série B do Brasileiro - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

"Você acha que a motivação vem a partir de uma agressão? Lamento, está totalmente equivocado. Se você concorda com esse tipo de atitude, precisa rever seus conceitos", completou.

Atual décimo quinto colocado, com quatro pontos, o Vasco volta aos gramados no próximo sábado (19), quando enfrenta o CRB, no Rio de Janeiro.

Veja o vídeo

Vasco