PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians sai na frente, mas leva a virada e é derrotado pelo Bragantino

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 22h24

Classificação e Jogos

O Corinthians perdeu a segunda partida em casa nesta edição do Campeonato Brasileiro. Na noite de hoje (16), o Timão recebeu o Red Bull Bragantino na Neo Química Arena e levou de virada: 2 a 1. O Alvinegro saiu na frente com um gol de Roni, mas recuou no segundo tempo e deixou o placar escapar com gols de Aderlan e Eric Ramires — o último em um lance marcado pelas falhas de João Victor e Cássio.

O técnico Sylvinho buscava sua primeira vitória em casa no comando do Corinthians. O início do confronto foi positivo com a equipe equilibrando as ações no meio de campo e, em jogada trabalhada, abrindo o placar com o volante Roni aparecendo de surpresa na área adversária. Dali em diante, o Timão recuou e viu o Red Bull Bragantino dominar o confronto e conquistar a vitória.

A equipe de Bragança Paulista teve 60% de posse de bola ao longo do jogo e finalizou ao gol defendido por Cássio em 22 oportunidades —o Corinthians deu apenas seis chutes ao gol. A vitória deixa o Red Bull Bragantino com oito pontos na tabela de classificação, enquanto a equipe do Parque São Jorge fica estacionada com quatro após quatro rodadas.

Artur domina o meio de campo

O camisa 7 do Red Bull Bragantino foi o grande destaque da partida. Comandou as ações ofensivas de sua equipe, deu uma assistência e criou boas oportunidades para liderar a vitória na Neo Química Arena.

Desligado, Vital se torna inofensivo

Escalado aberto pelo lado esquerdo, o meia Mateus Vital sofreu com a pouca posse de bola do Corinthians na partida e ficou praticamente sem função do gol do Alvinegro. Na marcação, o jogador não conseguiu fechar espaços e quase não tocou mais na bola até ser substituído.

Roni marca em jogada pensada por Sylvinho

Desde a sua chegada ao Corinthians, Sylvinho vem trabalhando o time para jogar com profundidade pela beirada do campo. E foi exatamente desta forma que a equipe abriu o placar na Neo Química Arena. O time trocou passes na faixa central, encontrou Mosquito aberto pela direita, o atacante levou a bola para a linha de fundo e cruzou para trás. O volante Roni invadiu a área adversária, furou na primeira tentativa, mas a bola sobrou para ele mesmo fazer o gol do Timão em Itaquera.

Pedrinho desperdiça chance claríssima

Melhor na partida desde a segunda metade do primeiro tempo, o Bragantino voltou do intervalo com uma postura ainda mais ofensiva. Logo no início da etapa final, o meia Pedrinho recebeu passe açucarado de Artur, tirou os zagueiros do Corinthians no ato do domínio da bola e saiu cara a cara com Cássio. Na hora de finalizar, no entanto, o camisa 10 tentou tirar muito do goleiro e chutou para fora.

Pressão dá resultado, e Red Bull Bragantino empata

Os visitantes conseguiram o empate ainda nos minutos iniciais do segundo tempo. Em cobrança de escanteio de Artur, Aderlan ganhou na impulsão de Cantillo e Gabriel e subiu sem adversário para cabecear forte, no chão, sem dar a mínima chance de defesa para Cássio.

VAR em ação

O Red Bull Bragantino teve um possível pênalti verificado pelo VAR. Em jogada iniciada por Artur, Luvas Evangelista errou o domínio dentro da área e tentou consertá-lo dando um toque na bola, que acabou resvalando no braço de Cantillo. O árbitro de vídeo foi acionado e entendeu que não houve falta no lance.

Corinthians encurralado em seu campo de defesa

O segundo tempo foi marcado pelo domínio do Red Bull Bragantino na partida. Depois de terminar a etapa inicial com mais de 60% de posse de bola, a equipe repetiu a dose na etapa final e pressionou bastante o Corinthians na Neo Química Arena. O time da casa até que tentou sair em velocidade nos contra-ataques, mas foi bem controlado e passou a maior parte do tempo se defendendo.

Eric Ramires conta com falha de Cássio e decide a partida

O jogo se encaminhava para um empate na Neo Química Arena até os minutos finais. Em uma bola rebatida dentro da área, João Victor dominou a bola, não viu a aproximação de Eric Ramires e teve a bola roubada. O atacante chutou mascado e a bola passou por entre as pernas do goleiro Cássio antes de entrar no gol. O lance foi checado e validado pelo VAR, garantindo a vitória do Red Bull Bragantino em Itaquera.

Próximos jogos

O próximo compromisso do Corinthians na temporada é contra o Bahia, no estádio Pituaçu, no domingo (20), às 16h (de Brasília). O Red Bull Bragantino joga um dia antes, às 21h, contra o Flamengo no Maracanã. Ambas as partidas são válidas pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1x2 RED BULL BRAGANTINO

Competição: Campeonato Brasileiro - 4ª rodada

Data: 16/06/2021 (quarta-feira)

Horário: 20h30 (de Brasília)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Gil e Cássio (Corinthians)

Cartões vermelhos: -

Gols: Roni, aos 18' do 1º tempo (1-0); Aderlan, aos 6' do 2º tempo (1-1); Eric Ramires, aos 39' do 2º tempo (1-2)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Roni, Gabriel e Cantillo; Gustavo Mosquito, Mateus Vital (Araos) e Luan (Léo Natel) (Ramiro). Técnico: Sylvinho.

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Weverson; Raul, Evangelista, Pedrinho (Eric Ramires), Artur e Helinho (Cuello); Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri.

Futebol