PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mattos: "Não apostaria que Corinthians e Santos vão cair"

Do UOL, em São Paulo

13/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Corinthians e Santos deixaram seus torcedores preocupados neste início de temporada. Com desempenho longe de encher os olhos e dificuldades financeiras, os dois times acumularam eliminações e trocaram de treinador. Com a constante pressão na Vila Belmiro e no Parque São Jorge, há o temor de que ambos até mesmo briguem contra o rebaixamento para a Série B do Brasileiro.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Rodrigo Mattos, Menon e Rodolfo Rodrigues - os comentaristas compararam as situações dos alvinegros, que vivem uma temporada de pouco brilho. Eles opinaram sobre quais devem ser as pretensões das duas equipes neste Brasileirão.

"Não apostaria em Santos e Corinthians como times que vão cair. Acho que vão fazer um campeonato de meio de tabela. Se der uma melhorada no rendimento do time e acertar o encaixe sobe um pouquinho. Vão ter que batalhar muito. A vantagem do Corinthians é que só disputa um campeonato. O time titular já não é essas coisas; se perde um jogador, já complica mais", analisou Mattos.

Rodolfo discorda e vê o Corinthians com risco de ficar entre os últimos colocados do Brasileirão. "Ainda acho que a briga do Corinthians é contra o rebaixamento. É um time muito limitado e tem muitos problemas. Tem uma grande carência no setor ofensivo. Não tem nem como pensar em chegar entre os dez primeiros. É um time que está muito abaixo", opinou.

Na visão de Menon, há times em pior situação do que Corinthians e Santos. "O Corinthians vai ficar ali em 12º. Se bobear, vai para baixo; se tiver um pouco de sorte, talvez chegue um pouquinho acima na Sul-Americana. A Chapecoense é um candidato seríssimo [ao rebaixamento]. É um time muito fraco. O Cuiabá, que tem um presidente que manda o técnico embora com um jogo. O Sport escapou por pouco no ano passado", lembrou.

Mattos ressaltou que o Peixe tem utilizado muitos garotos da base em sua equipe, o que pode ser algo arriscado em um momento de pressão. Porém, assim como o Corinthians, os santistas estão em melhores condições do que alguns rivais, na visão do colunista. "O Santos aposta muito em garotos. Alguns deles são bons, mas é cedo jogar em cima deles. Mas não acredito que caiam, principalmente porque a Série A tem times que estão abaixo. Corinthians e Santos tendem a ficar à frente deles", finalizou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol