PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-goleiro da Dinamarca critica reinício de jogo após desmaio de Eriksen

Do UOL

em São Paulo

13/06/2021 09h10

Classificação e Jogos

Peter Schmeichel, ex-goleiro da Dinamarca, classificou como "absolutamente ridículo" que a partida deste sábado (12) contra a Finlândia tenha recomeçado após o desmaio de Christian Eriksen em campo. O meio-campista foi atendido no gramado e recebeu massagem cardíaca dos médicos. Ele foi transferido para um hospital e, segundo a Federação Dinamarquesa, está acordado e estável.

"É uma decisão ridícula da Uefa", disse Schmeichel. "Eles deveriam ter tentado imaginar um cenário diferente e mostrado um pouco de compaixão, e não o fizeram", disse o goleiro, que defendeu a seleção de seu país ente 1988 e 2000.

O jogo foi suspenso antes do intervalo e reiniciou após mais de uma hora. A Finlândia venceu e Dinamarca por 1 a 0. A Federação Dinamarquesa de Futebol e a Uefa resolveram disseram que os jogadores das duas equipes aceitaram voltar ao campo depois que souberam que Eriksen estava bem e realizando exames.

Para Schmeichel, os jogadores estavam em posição difícil. "Algo terrível como isso acontece, e a Uefa dá aos jogadores a opção de sair e jogar ou voltar às 12h do domingo. Que tipo de opção é essa?", questionou. "O resultado do jogo é completamente irrelevante. Quero dizer, como você pode jogar?"

Após o jogo, o treinador da Dinamarca, Kasper Hjulmand, classificou a situação como "experiência traumática". "Conversamos sobre esses sentimentos e seria normal dizer 'não' se eles não quisessem jogar."

"Alguns deles não conseguiram jogar, alguns estavam prontos. Não é normal jogar quando um de seus amigos está sofrendo de um problema cardíaco", afirmou o técnico.

O atacante da Finlândia Teemu Pukki disse que a partida de sábado foi uma das mais difíceis de sua carreira.

"Decidimos fazer o que a equipe dinamarquesa decidiria e estávamos prontos para continuar. Definitivamente não foi fácil voltar ao gramado. Mas assim que soubemos que tudo parecia estar bem, começamos a concentrar-nos novamente no jogo", afirmou o atacante.

Futebol