PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo supera o Coritiba e vence a primeira na Série B

De pênalti, Marco Antonio iniciou a vitória do Botafogo no estádio Nilton Santos - Thiago Ribeiro/AGIF
De pênalti, Marco Antonio iniciou a vitória do Botafogo no estádio Nilton Santos Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, em São Paulo

05/06/2021 22h57

Classificação e Jogos

O Botafogo venceu o Coritiba por 2 a 0 na noite de hoje (5) e venceu a primeira na Série B do Campeonato Brasileiro. Em um jogo morno e com muitos erros no estádio Nilton Santos, o Alvinegro chegou ao triunfo com dois gols no segundo tempo, balançando as redes com Marco Antônio e Chay.

Essa foi a primeira vez que as equipes se enfrentaram em uma partida da segunda divisão nacional. Com o resultado, o Botafogo se reencontra com a vitória após três partidas, incluindo o Campeonato Carioca, e vai aos quatro pontos na Série B. Já o Coritiba volta para casa sem pontos depois da boa estreia e permanece com três na tabela.

Na próxima rodada, o Alvinegro recebe o Remo, e o Alviverde encara o Londrina. Antes disso, porém, o Coxa ainda duela com o Flamengo pela Copa do Brasil.

Quem foi bem: Chay faz seu primeiro gol pelo Botafogo

Jogador mais lúcido do Botafogo em campo, Chay foi bastante exigido pelo lado esquerdo, tanto para municiar o atacante Navarro, quanto para ajudar na organização das jogadas. No segundo tempo, acabou premiado com o gol que sacramentou a vitória alvinegra.

Quem foi mal: Árbitro se complica em lances polêmicos

O ábitro Dewson Fernando Freitas protagonizou dois lances que geraram muitas reclamações do Coritiba. No primeiro, ele anulou gol de falta após autorizar a cobrança de Igor. Já no pênalti para o Botafogo, a mão na bola de Rafinha marcada pelo juiz também foi bastante questionada pelo time visitante.

Equilíbrio e erros técnicos marcam etapa inicial

O Botafogo começou a partida melhor, mas a superioridade durou só até os 15 minutos. O time da casa usou muito o lado esquerdo do campo, com Chay e Paulo Victor buscando o atacante Navarro, mas errou demais na hora da conclusão. Acuado no início do jogo, o Coxa tentou contra-atacar, mas sem conseguir colocar a velocidade necessária para ameaçar a meta adversária.

Apesar de ter equilibrado a partida, o time visitante também teve muitas dificuldades para definir suas jogadas. Outro ponto em comum nas duas equipes foi a quantidade excessiva de passes errados.

Juizão se atrapalha e anula gol de falta

Dewson Freitas da Silva se atrapalhou em um lance que poderia ter tirado o zero do placar no primeiro tempo. Após marcar falta para o Coritiba na entrada da área, o árbitro autorizou a cobrança de Igor que terminou nas redes. Porém, Dewson anulou o gol alegando que ainda estava orientando os jogadores da barreira.

Botafogo abre o placar em pênalti polêmico

No segundo tempo, a partida teve outro lance que gerou muita reclamação para o Coxa. Em escanteio pela esquerda, a bola tocou na mão de Rafinha após desvio de um companheiro do Coritiba. Dewson acabou apitando o pênalti, que foi cobrado por Marco Antônio logo em seguida. O goleiro Wilson até chegou a defender a batida, mas o meia pegou o rebote e abriu o placar. 1 a 0.

Chay premia boa partida com gol do alívio para o Bota

Com a desvantagem no marcador, o Coritiba se lançou mais ao ataque e passou a ceder espaços que o Botafogo ainda não tinha dentro de campo. Em contra-ataque bem iniciado por Ronald, Warley disparou pela direita e cruzou para a área. A bola passou por Navarro, mas encontrou Chay, que não desperdiçou e marcou seu primeiro gol com a camisa do Glorioso, dando números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2x0 CORITIBA

Motivo: 2ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 05/06/2021, às 21h (de Brasília)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
GOLS: Marco Antônio, 16'2ºT (1-0); Chay, 28'2ºT (2-0)
Cartões amarelos: Chay (BOT), Nathan Ribeiro, Natanael, Paulo Victor (COR)

BOTAFOGO: Douglas Borges; Warley, Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Oyama (Rickson) e Pedro Castro (Guilherme Santos); Marco Antônio (Enio), Ronald (Daniel Borges) e Chay (Ricardinho); Navarro. Técnico: Marcelo Chamusca.

CORITIBA: Wilson; Igor, Nathan Ribeiro, Luciano Castán e Natanael; Willian Farias, Val (Valdeci) e Matheus Sales (Robinho); Waguininho, Rafinha (Tailson) e Léo Gamalho (Dalberto). Técnico: Gustavo Morínigo.

Botafogo