PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Superliga: presidente do PSG critica Real, Barça e Juve e repudia torneio

Nasser Al-Khelaifi mostrou estar alinhado às diretrizes da Uefa ao valorizar a Liga dos Campeões - Reprodução/Twitter
Nasser Al-Khelaifi mostrou estar alinhado às diretrizes da Uefa ao valorizar a Liga dos Campeões Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

31/05/2021 10h28

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, disparou contra a insistência de Real Madrid, Barcelona e Juventus em realizar a Superliga, projeto de torneio europeu que fracassou em poucos dias no mês passado.

Em entrevista à AFP, o dirigente ressaltou que sua equipe não se posicionou a favor da iniciativa e que o torneio "não defende os interesses do futebol".

"Não se pode romper com a tradição de que qualquer equipe pode realizar os seus sonhos. O futebol existe há muitos anos e a Superliga não defendia realmente os interesses dos torcedores. As mudanças podem ser estudadas, mas não quebrando tradições", disse.

Khelaifi, que assumiu o posto de presidente da Associação Europeia de Clubes, se alinhou com a Uefa ao dizer que "todas as equipas têm de ter direito de participar um dia na competição mais importante [Champions League] sob a asa da Uefa."

Por fim, ele as mudanças de formato da Liga dos Campeões ao veículo. "A Champions League é uma marca muito sólida que deve ser garantida, mas todos temos que nos adaptar ao novo mercado, tanto nas competições internacionais como nas nacionais."

Futebol