PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Superliga: Uefa dará continuidade a processo contra Real, Barça e Juve

Aleksander Ceferin, presidente da Uefa - Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images
Aleksander Ceferin, presidente da Uefa Imagem: Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/05/2021 17h35

Após duas semanas de análise, a Uefa decidiu seguir com o processo disciplinar contra Real Madrid, Barcelona e Juventus, por continuarem vinculados à Superliga, mesmo dois meses após o rompimento das demais equipes. A instituição soltou um breve comunicado sobre a ação hoje.

"Na sequência de uma investigação levada a cabo pelos inspetores de ética e disciplina da Uefa em relação ao projeto denominado 'Super League', foi aberto um processo disciplinar contra o Real Madrid CF, FC Barcelona e Juventus FC por uma possível violação do quadro jurídico da UEFA. Mais informações serão fornecidas em devido tempo", diz a declaração.

Segundo a Uefa, após a análise, foi determinado que os três clubes ultrapassaram os limites com o regulamento da competição exclusiva para poucas equipes. Inicialmente, 12 times faziam parte da Superliga, mas a pressão externa fez com que os seis ingleses (United, City, Liverpool, Arsenal e Tottenham), um espanhol (Atlético de Madrid) e dois italianos (Milan e Inter) deixassem a competição.

Com o processo aberto, Real, Barça e Juve poderão entrar com ação, caso recebam punições, o trio também poderá tentar um recurso.

Futebol