PUBLICIDADE
Topo

Copa do Nordeste - 2021

Final do Campeonato Maranhense deve ter público de até 6 mil pessoas

Final do Campeonato Maranhense será disputada entre Sampaio Corrêa e Motoclub - Sampaio Corrêa/Instagram
Final do Campeonato Maranhense será disputada entre Sampaio Corrêa e Motoclub Imagem: Sampaio Corrêa/Instagram

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

12/05/2021 08h50

Classificação e Jogos

Neste domingo (16), Sampaio Corrêa e Motoclub devem se enfrentar com presença de público na final do Campeonato Maranhense, marcada para o Estádio Castelão. Até seis mil torcedores são esperados na decisão.

Os clubes e a federação já tentavam autorização para 13 mil torcedores - o Castelão pode receber até 40 mil pessoas. Porém, o governo do estado pretende fazer um evento teste e liberar gradativamente o retorno do público caso tudo dê certo.

Na tarde de ontem (11), Natanael Júnior, presidente do Motoclub, e Sérgio Frota, presidente do Sampaio Corrêa, se reuniram com o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, o secretário de Saúde do estado, Carlos Lula, e o secretário de Desporto e Lazer do Maranhão (SEDEL), Rogério Cafeteira.

Por meio de vídeo publicado em redes sociais, Cafeteira informou que os participantes da reunião alinharam detalhes para o protocolo de retorno do primeiro evento teste do Maranhão com público desde o início da pandemia. De acordo com ele, serão liberados 15% do público do Estádio Castelão, e os presentes terão de comprovar que estão vacinados ou que têm testagem negativa de RT-PCR ou sorologia de até 48h antes da partida.

"É importante que quem vá participar dessa festa tenha consciência e cumpra rigorosamente os protocolos que serão estabelecidos. É importante para que retornemos de forma gradativa, segura e responsável a esses eventos", completou.

Hoje (12), uma comissão do Governo do Maranhão irá ao Estádio Castelão e fará uma vistoria técnica para concluir os últimos detalhes do protocolo e decidir se a presença de público será permitida. Os ingressos serão liberados para a venda após a aprovação do protocolo, e não haverá venda no dia da partida.