PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornais 'lamentam' vitória do Villarreal: "deixou Arsenal escapar com vida"

Villarreal"s Spanish defender Raul Albiol celebrates after scoring during the Europa League semi-final first leg football match between Villarreal and Arsenal at the Ceramica stadium in Vila-real on April 29, 2021. (Photo by JOSE JORDAN / AFP) - JOSE JORDAN/AFP
Villarreal's Spanish defender Raul Albiol celebrates after scoring during the Europa League semi-final first leg football match between Villarreal and Arsenal at the Ceramica stadium in Vila-real on April 29, 2021. (Photo by JOSE JORDAN / AFP) Imagem: JOSE JORDAN/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

29/04/2021 20h01

O Villarreal recebeu o Arsenal hoje (29) pelas semifinais da Europa League e venceu um jogo polêmico e agitado por 2 a 1, mas os jornais espanhóis não aprovaram o resultado.

Apesar da vantagem conquistada, o jornal Marca destaca que o Villarreal "deixou o Arsenal escapar com vida", fazendo alusão ao confronto de volta dos times, na próxima quinta-feira (06/05), na Inglaterra.

A publicação lamenta que o Villarreal, por mais que tenha aberto 2 a 0, não tenha ampliado o placar, destacando que o "submarino amarelo", como é conhecido o Villarreal, teve bons minutos com superioridade numérica.

Já o jornal Mundo Deportivo, preferiu dar ênfase ao pênalti "inventado" marcado para o Arsenal. O jornal aponta que o árbitro da partida, Artur Dias cometeu um "escândalo" ao marcar pênalti no contato sofrido por Saka com Trigueiros, dizendo que "o atacante do Arsenal é quem busca descaradamente a perna do meia do Villarreal, que estava apenas tentando evitar a falta."

O Mundo Deportivo ainda reclama que o árbitro sequer olhou o VAR. Já o jornal Sport, adotou um tom mais otimista, afirmando que o Villarreal está "afastando seus fantasmas", mas ainda assim considerou que o pênalti marcado para o Arsenal "não existia".

Já o jornal inglês Daily Mirror, preferiu brincar com o apelido do Villarreal, submarino amarelo, dizendo que o Arsenal "quase se foi afundado, mas ainda está vivo", apontando que o Arsenal "teve muita sorte".

A publicação ainda detonou o atual técnico do Arsenal, Mikel Arteta, dizendo que ele "errou tudo" e elogiou muito Unai Emery, ex-técnico dos gunners e atual técnico do Villarreal, afirmando que o time "perdeu uma grande chance de definir o confronto".

O Arsenal precisa vencer por um gol de diferença para chegar na final da Europa League que será disputada na Polônia contra o vencedor de Manchester United e Roma, que terminou 6 a 2 para os ingleses também no jogo de ida hoje (29).

Futebol