PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Real justifica Superliga: 'Champions foi perdendo interesse'

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid - Getty Images
Florentino Pérez, presidente do Real Madrid Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 19h48

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, falou pela primeira vez sobre a criação da Superliga Europeia, torneio criado por 12 dos maiores clubes do continente como uma forma de substituir a Liga dos Campeões e aumentar as receitas. Em entrevista ao programa 'El Chiringuito', na tv espanhola Mega, ele argumentou que a atual competição organizada pela UEFA foi 'perdendo o interesse' do público.

"Ocorreu a todos nós. Em vez de fazermos a Liga dos Campeões, que foi perdendo o interesse... Em 1950, aconteceu o mesmo com Santiago Bernabéu, que se opôs à criação da Copa da Europa, e depois do futebol mudou. É atrativo que joguemos entre os grandes, há competitividade. Eu não sou dono do Madrid, mas tudo que faço é pelo bem do futebol, e o futebol está em um momento crítico", disse.

Os gigantes Milan, Chelsea, Inter de Milão, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Arsenal se declararam como clubes-fundadores do novo torneio, o que para o cartola europeu, é o que deve funcionar para mitigar os efeitos econômicos das perdas de receitas recentes, principalmente em tempos de pandemia.

"Quando você não tem renda além da televisão, a maneira de tornar o futebol lucrativo é fazer jogos mais atraentes. Foi assim que começamos a trabalhar. Chegamos à conclusão de que fazendo uma Superliga durante a semana em vez da Liga dos Campeões, seríamos capazes de mitigar a perda de receita", explicou.

"Você pode ver que a audiência diminui e os direitos diminuem. É o que devia ser feito. E com a pandemia, estamos todos arruinados. O futebol é global, temos fãs em todas as partes do mundo. A televisão é o meio que devia mudar para se adaptar aos tempos. Foi preciso analisar porque é que os jovens, dos 16 aos 24 anos, já não se interessam pelo futebol. Há muitos jogos, de pouco interesse. Eles têm outras plataformas. O futebol tem que se adaptar. Entendemos que devemos mudar algo para tornar este esporte mais atraente em todo o mundo", afirmou.

Perez trata a medida como uma modernização da modalidade. Se ela é boa apenas para os poderosos? Ele responde.

"Gera mais dinheiro. Um Madrid x Manchester ou Barcelona x Milan é mais atraente do que um jogo contra uma equipe modesta que participa da Liga dos Campeões".

Futebol