PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sétima rodada da Copa do Nordeste pode eliminar quatro equipes; veja

Partida entre Santa Cruz e Fortaleza, na Arena Castelão - Karim Georges / Fortaleza EC
Partida entre Santa Cruz e Fortaleza, na Arena Castelão Imagem: Karim Georges / Fortaleza EC

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

03/04/2021 10h36

Classificação e Jogos

A sétima rodada da Copa do Nordeste, marcada para começar neste sábado (3) pode decidir o destino de pelo menos quatro clubes na competição. 4 de Julho, Santa Cruz, Sport e Botafogo-PB têm verdadeiras finais de campeonato pela frente. Isso porque todos precisam vencer e torcer pelo tropeço de outros adversários numa tentativa de se manter vivo na competição. Uma derrota, por outro lado, pode significar a eliminação para eles.

Virtualmente eliminado, o Santa Cruz perdeu a possibilidade de uma classificação às quartas de final e agora foca o Campeonato Pernambucano, como afirmou o próprio técnico da equipe, João Brigatti, durante coletiva à imprensa após a derrota para o Sport, na quarta-feira (31).

"Eu acredito que é uma possibilidade muito remota. Vamos pensar em outras situações e tentar sempre entrar em campo para buscar a vitória. Mas vamos priorizar, sim, o Campeonato Pernambucano", afirmou o comandante do Santa Cruz.

A Cobra Coral enfrenta o Altos, no domingo, às 15h45. A equipe do Piauí ainda tem chances de classificação, já que tem sete pontos conquistados em seis jogos, e ocupa a 6ª colocação do Grupo B.

Sport x Invicto

Apesar de ter eliminado seu rival estadual do regional, a situação do Sport também não é nada favorável na continuidade da Copa do Nordeste. O triunfo sobre a Cobra Coral foi o primeiro da equipe no regional e o terceiro na temporada. Para se manter vivo, o Leão, que soma 5 pontos no Grupo B, três a menos que o último colocado na zona de classificação, o ABC, precisa vencer o invicto há 18 partidas no Nordestão, o Ceará.

Equipe do Ceará comemora vitória diante do CSA - Felipe Santos/cearasc.com - Felipe Santos/cearasc.com
Equipe do Ceará comemora vitória diante do CSA
Imagem: Felipe Santos/cearasc.com

Para se ter ideia, a última derrota do atual campeão do regional aconteceu na eliminação para o Náutico-PE, em 6 de abril de 2019, quando perdeu por 2 a 0 nas quartas de final, na Arena Castelão. Começou o regional de 2020, empatando com o Freipaulistano, de Sergipe, no dia 26 de janeiro e de lá para cá, não perdeu mais.

O Ceará, que venceu a Lampions 2020 de forma invicta, empatou outras oito vezes e venceu nove partidas na competição. Na última rodada, a equipe arrancou a invencibilidade do único que ainda não tinha perdido no Grupo B, o CSA.

4 de Julho e Botafogo-PB se complicam

O Botafogo ainda não venceu na competição e está na lanterna da Chave B. A derrota para o Treze na última rodada, disputada em Brasília, jogou um balde de água fria nos planos da equipe de se classificar. Agora, o Belo, assim como Sport e 4 de Julho precisam vencer as próximas duas partidas e torcer para uma trapalhada das outras equipes. O time entra em campo na próxima segunda-feira, às 19h30, contra o Confiança.

Botafogo-PB enfrentou o CRB pela Copa do Nordeste - Celio Junior/AGIF - Celio Junior/AGIF
Botafogo-PB enfrentou o CRB pela Copa do Nordeste
Imagem: Celio Junior/AGIF

Apesar da campanha pífia na Copa do Nordeste, o Belo pode sair da competição com um recorde: o jogador expulso mais rápido do Nordestão. Na última partida, Kaio Wilker recebeu cartão vermelho direto com apenas 10 segundos de jogos após uma entrada dura em Marlon. Ele não tinha sequer tocado na bola quando foi punido pelo árbitro Dênis Silva Ribeiro Serafim.

O 4 de Julho, que venceu apenas uma partida até agora no Nordestão, vai enfrentar o CSA neste sábado (3). O confronto, porém, não promete ser nada fácil para a equipe piauiense, visto que os alagoanos lutam para voltar ao posto de líder da sua chave e se classificar sem empecilhos para a próxima fase. Em resumo: a vitória para os azulinos significa avanço e uma derrota dos piauienses significa eliminação.

Duelo de Série A

Além de Sport e Ceará, os outros dois representantes do Nordeste no Brasileirão também se enfretam neste sábado (3). O jogo será disputado às 16h, no Estádio Castelão, e pode dar a Fortaleza ou Bahia conforto na competição. Enquanto o Leão tem 11 pontos e lidera o Grupo B, o Tricolor está na segunda posição do Grupo A, com 10 pontos. Os dois times têm campanhas parecidas: são três vitórias para cada. A diferença é que o Bahia perdeu duas partidas e empatou uma, enquanto o Fortaleza empatou duas e perdeu uma.

Gilberto comemora gol marcado pelo Bahia sobre o Goiás, em jogo do Brasileirão - Jhony Pinho/AGIF - Jhony Pinho/AGIF
Gilberto comemora gol marcado pelo Bahia sobre o Goiás, em jogo do Brasileirão
Imagem: Jhony Pinho/AGIF

Um elemento importante do jogo é que coloca o ataque mais produtivo da competição, do Bahia, contra a defesa menos vazada. São 13 gols marcados pelos baianos, com quatro de Gilberto, e somente três gols sofridos pelo Leão.

CRB pode manter boa sequência de jogos

O CRB, líder do Grupo A com 11 pontos, entra em campo no próximo domingo, às 16h, contra o Salgueiro. O time alagoano está há sete jogos sem perder, dos quais cinco foram pela Copa do Nordeste - a única derrota veio justamente na primeira rodada, contra o Fortaleza.

Já o Salgueiro tem situação semelhante à do Altos. O time está na 5ª posição do Grupo B, com sete pontos conquistados, e a um ponto do G-4. Os pernambucanos vêm de derrota para o Sampaio Corrêa na competição.

Vitória e Treze lutam por espaço

O Vitória está no G-4 do Grupo B. Na terceira posição, o clube baiano conquistou nove pontos até aqui e está empatado com o CSA. O retrospecto, entretanto, não é positivo: são três empates seguidos para o time. Com o mando de campo, entretanto, o clube pode aproveitar que o Treze está oscilando.

A equipe paraibana tem três derrotas nas últimas quatro partidas, somando todas as competições. Na 5ª posição do Grupo A com oito pontos, está há um de distância do Sampaio Corrêa, que abre o G-4. Um motivo de preocupação é justamente que os três melhores times do grupo já passaram dos 10 pontos.

Futebol