PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Invicto há 18 jogos no Nordestão, Ceará investe R$ 8 mi para manter marca

Guto Ferreira comanda o Ceará contra o São Paulo, em partida do Brasileirão 2020 - Marcello Zambrana/AGIF
Guto Ferreira comanda o Ceará contra o São Paulo, em partida do Brasileirão 2020 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

01/04/2021 10h51

Com a vitória na noite de ontem (31) contra o CSA, o Ceará conquistou não só mais três pontos no Grupo A da Copa do Nordeste, mas também outras três marcas impressionantes na competição: derrubou a invencibilidade azulina, virou o único invicto na atual temporada do regional e ampliou a marca de 18 jogos sem perder na Lampions. O clube quer manter a invencibilidade e, para isso, investe em contratações: já foram 11 na temporada atual.

A última derrota do atual campeão do regional aconteceu na eliminação para o Náutico-PE, em 6 de abril de 2019, quando perdeu por 2 a 0 nas quartas de final, na Arena Castelão. Começou o regional de 2020, empatando com o Freipaulistano, de Sergipe, no dia 26 de janeiro.

De lá para cá, o Ceará, que venceu a Lampions 2020 de forma invicta, empatou outras oito vezes e venceu nove partidas na competição. A maior vantagem no marcador no período foi a vitória por 4 a 0 contra o River-PI, na sexta rodada da última temporada.

O sucesso na Copa do Nordeste é resultado dos investimentos feitos pelo Vozão. A equipe foi a que mais contratou e desembolsou dinheiro em contratos para se fortalecer para a atual temporada. Dados obtidos pelo UOL Esporte junto ao departamento financeiro do clube mostram que, em 2021, o Ceará já investiu R$ 8,1 milhões em direitos econômicos de 11 atletas.

Messias, anunciado no último dia 30, foi o 11º reforço do clube para a temporada 2021. Antes, já haviam chegado ao elenco Jael, Marlon, Jordan, João Ricardo, Willian Oliveira, Yony González, Jorginho, Gabriel Dias, Vinícius Machado e Steven Mendoza.

Iniciada com Argel Fucks, continuada por Enderson Moreira e agora nas mãos de Guto Ferreira, a sequência é comemorada no elenco alvinegro, que tenta manter o nível de qualidade do ano passado, como diz o atual comandante.

"Vamos buscar dia a dia esta evolução, sempre tentando aproveitar o melhor momento de cada um e valorizando a todos. Tem jogador que precisa de mais treinamento, outro que precisa de mais jogo. Vamos trabalhar para que seja uma equipe que acrescente ao estilo de jogo do ano passado, que morde o jogo todo, transita rápido, mas quando tem espaço propor o jogo", concluiu.

Com a vitória diante do CSA na noite de ontem, o Ceará segue na terceira posição do Grupo A da Copa do Nordeste, com 10 pontos. Apesar de estar invicto no torneio, o Alvinegro não vencia há quatro jogos, somando todas as competições.

Já o CSA perdeu a invencibilidade na temporada. Com nove pontos, o Azulão é o vice-líder do Grupo B da Copa do Nordeste e está atrás apenas do Fortaleza, que tem 11.

Futebol