PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Como sósias do Flamengo andaram em ônibus do elenco e geraram bronca da PM

Sósias do Flamengo andaram em ônibus da delegação e tomaram bronca da Polícia - Reprodução/Instagram
Sósias do Flamengo andaram em ônibus da delegação e tomaram bronca da Polícia Imagem: Reprodução/Instagram

Alexandre Araíujo e Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

08/03/2021 04h00

Os sósias do Flamengo puderam, por alguns minutos, sentir o gostinho de ser um jogador profissional. Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra que eles "invadiram" o ônibus do time, deram uma volta no veículo e tomaram até uma bronca da Polícia Militar.

O caso aconteceu no Aeroporto Santos Dumont, na Zona Sul do Rio de Janeiro, quando os comandados de Rogério Ceni embarcaram para a partida contra o São Paulo, no Morumbi, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Já famosos em meio à torcida, os sósias estavam junto com outros rubro-negros na festa de apoio ao elenco, que se encaminhava para a partida que poderia valer a conquista do título —o que acabou se concretizando. Eles vestiam roupas similares às que o grupo utiliza nas viagens conseguiram entrar no ônibus por um erro do staff do clube.

"Nós estávamos lá com a torcida. O ônibus chegou com os jogadores e deixou o elenco no setor de embarque e voltou. Então, um dos sósias falou [para o motorista]: 'Nos deixaram no desembarque, nos trouxeram para cá e disseram que tínhamos de ir para o embarque]. No meio daquela confusão, como estávamos uniformizados, acabou que abriram a porta do ônibus e entramos", disse Jeferson Sales, o "Gabigol da Torcida", que completou:

O ônibus estava sendo escoltado e, quando descemos, os policiais já vieram falar com a gente, que aquilo não era brincadeira e tudo mais".

Flávio Barbosa, sósia de Bruno Henrique, ressalta que nem eles acreditaram que tiveram a oportunidade de entrar no veículo que é utilizado pelos jogadores apareceu. "Estávamos em uma área do aeroporto, uniformizados, com as malas e tudo mais. Algumas pessoas estavam tirando foto conosco. O ônibus deixou o time e voltou. Quando voltou, nós ficamos próximo de onde ele passaria. Não sei se nos confundiram... Acabou que abriram a porta e entramos, sem entender nada. Na hora ali foi uma adrenalina. Nós somos muito flamenguistas e foi uma emoção entrar no ônibus do Flamengo. Nem a gente acreditou, foi uma emoção surreal", contou.

O caso foi levado na brincadeira por boa parte da torcida, mas alguns rubro-negro fizeram críticas. Gabigol da Torcida, por sua vez, ressalta que não houve desrespeito ao clube. "Nós não quebramos nada, não desrespeitamos o Flamengo em momento algum. Foi uma brincadeira e a culpa foi nossa, não foi de funcionário algum do clube".

Os sósias do Flamengo nasceram na ótima temporada que o time fez em 2019 e, desde então, participam de diversos eventos e até jogos festivos.

Flamengo