PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sampaoli escreve carta de despedida do Atlético-MG; clube confirma saída

Jorge Sampaoli sorri durante Atlético-MG x Santos, jogo do Brasileirão 2020 - Alessandra Torres/AGIF
Jorge Sampaoli sorri durante Atlético-MG x Santos, jogo do Brasileirão 2020 Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Eder Traskini e Guilherme Piu

Do UOL, em Santos (SP) e Belo Horizonte

22/02/2021 17h27

O técnico Jorge Sampaoli se despede do Atlético-MG nesta quinta-feira, às 21h30, contra o Palmeiras, pela última rodada do Brasileirão. O argentino, que fará todos os preparativos para o jogo com o Verdão, mas não poderá ficar no banco de reservas — foi expulso contra o Sport — escreveu uma carta de despedida e disse que o Galo está destinado a brigar por coisas grandes.

O destino do treinador deve ser o Olympique de Marselha, da França. Clube e treinador já conversa há algum tempo e Sampaoli deve assumir a equipe ao fim do Brasileirão.

Como o UOL Esporte publicou, o argentino estava perto de se despedir do Atlético-MG, o que de fato aconteceu na tarde de hoje (22).

Segundo fontes pessoais e próximas ao grupo colegiado atleticano, a saída do treinador acontece justamente após a obtenção do importante objetivo, no caso a vaga direta para a fase de grupos da Copa Libertadores. Feito possível com uma rodada de antecedência pela vitória em cima do Sport por 3 a 2, e pela ajuda do Fluminense, que só empatou com o Santos na última rodada e não pode mais chegar à pontuação do Atlético-MG.

Sampaoli deixa o Galo com apenas um título, o do Campeonato Mineiro 2020. No que diz respeito aos números, sob o comando do argentino o Atlético-MG fez 43 jogos e somou 24 vitórias, oito empates e 11 derrotas, obtendo aproveitamento de 62%. No período foram 75 gols marcados e 48 sofridos [saldo de 27].

O clube, inclusive, tornou oficial a rescisão poucas horas depois da manifestação do técnico.

O treinador tem conversas adiantadas com o Olympique de Marselha, da França, que procura um novo treinador desde a saída do português André Villas-Boas. Ontem (21), a jornalista argentina Veronica Brunati apontou que Sampaoli viaja à Europa nesta sexta-feira (26) e será apresentado em março no novo clube.

Confira a carta de Sampaoli na íntegra:

"O ano de 2020 foi duríssimo para a humanidade. Nós temos de ser criativos e quisemos construir um time que, ao passar na TV, fizesse esquecer a tristeza por um momento. Não nos propusemos simplesmente a ganhar: tentamos ser felizes.

Não houve um só dia no Atlético Mineiro em que abandonássemos nossa ideia sobre futebol. Este time teve a valentia de jogar dentro e fora de casa da mesma forma. Jamais renunciamos a pensar na trave do rival. O Galo colocou seu coração em todo o país. Isso me dá um orgulho impressionante. Desejo que seja uma ideologia que se mantenha no clube. O futebol brasileiro tem um talento infinito e me fez reencontrar com a beleza do jogo, algo que irá me marcar para sempre.

Chegou o final. Na quinta, será a última partida. Saio com a nostalgia de não poder ter dirigido com o estádio cheio. Sei que nos emocionamos muito. Queria viver os vídeos que tinha visto de uma torcida apoiando sem parar.

Quero agradecer a todo o clube. Aos jogadores, pela entrega. A todos os funcionários da instituição, por colocar a alma nesse projeto. Aos dirigentes, por nos dar grandes condições de trabalhar. À cidade, por nos tratar tão bem.

O Galo está destinado a brigar por grandes coisas. Sei que as vitórias virão. Gosto muito de vocês e desejo que sigam caminhando com o coração como guia.

Jorge Luis Sampaoli"

Atlético-MG