PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Após título, há confusão e aglomeração na arquibancada palmeirense

Eder Traskini, Rodrigo Mattos e Thiago Ferri

Do UOL, no Rio de Janeiro

30/01/2021 19h43

Logo após o final da Copa Libertadores, que selou o bicampeonato do Palmeiras, houve uma confusão na divisória da torcida campeã com o campo de jogo. Os jogadores foram festejar junto aos torcedores, o que causou uma aglomeração e ameaça de invasão do gramado —poucas pessoas conseguiram acessar o gramado. Seguranças reforçaram o setor e conseguiram conter o problema.

Durante toda a partida, torcedores ficaram aglomerados no setor oeste do Maracanã, especialmente os do Palmeiras. Alguns tiravam suas máscaras para cantar sem serem reprimidos.

Quando Breno Lopes marcou o gol da vitória, todos os torcedores formaram um bolo de pessoas na divisória da arquibancada. Dali não saíram até o final do jogo — o que ocorreu em seguida. Com muita gente, havia uma pressão e houve entrada de pessoas no campo. Houve confronto entre seguranças.

PMs reforçaram o setor e o ambiente se acalmou até a entrega da taça para Gustavo Gómez e Felipe Melo, capitães do Palmeiras.

Veja o gol do título do Palmeiras, marcado por Breno Lopes

Palmeiras