PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Com nova lesão, Geromel vive pior temporada dos últimos seis anos no Grêmio

Pedro Geromel tenta jogada em clássico Gre-Nal no qual se lesionou - Lucas Uebel/Grêmio
Pedro Geromel tenta jogada em clássico Gre-Nal no qual se lesionou Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

26/01/2021 04h00

Pedro Geromel é um dos símbolos do Grêmio vencedor. O zagueiro esteve presente em todas as conquistas recentes do time azul, branco e preto, sempre com participação importantíssima. Mas a temporada 2020 — que se encerra neste ano — foi dramática. Fora do restantes dos jogos e provavelmente da final da Copa do Brasil em razão de uma nova lesão, o zagueiro vive sua pior sequência em seis anos.

Apenas na temporada em que foi contratado é que Geromel jogou menos. Em 2014 foram 31 partidas na equipe gaúcha. Depois, sempre superou, por muito, a marca atual.

Em 2015 foram 45 jogos, 53 em 2016, 46 em 2017, 44 em 2018, 43 em 2019 e somente 32 na atual temporada, que para ele se encerrou no último Gre-Nal, quando rompeu ligamentos do tornozelo esquerdo.

Parado por de seis a oito semanas, o jogador deve ficar fora da final da Copa do Brasil. Caso o Palmeiras não vença a Libertadores, mantendo o calendário previamente definido, a presença de Geromel é impossível na final.

Se o time paulista conquistar a taça continental contra o Santos, a final da Copa do Brasil é transferida para os dias 28 de fevereiro e 7 de março em razão da participação no Mundial de Clubes. Neste cenário, Geromel precisaria de recuperação em tempo recorde para jogar apenas o duelo decisivo. Estaria exatamente dentro do período mínimo de recuperação: seis semanas.

Ao todo, foram 2.658 minutos em campo na atual temporada. Nos últimos três jogos em que esteve em campo, ele não jogou os 90 minutos. Foram 29 contra o Sport pelo Brasileiro, 35 contra o São Paulo, quando sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. E 41 contra o Inter, quando voltou a atuar após um mês afastado e sofreu a lesão no tornozelo que determinou afastamento.

Com 35 anos, Geromel renovou recentemente seu contrato com Grêmio. O vínculo atual vai até o fim de 2022. Durante o período de ausência, Rodrigues deve assumir a titularidade ao lado de Kannemann.

O Grêmio encara o Flamengo, em recuperação de jogo atrasado do Brasileiro, na próxima quinta-feira, na Arena.

Errata: o texto foi atualizado
Tempo de recuperação de Pedro Geromel será de seis a oito semanas, não meses.

Grêmio