PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio teve zaga ideal só 16 vezes em 2020; problema se repete neste ano

Geromel e Kannemann jogaram poucas vezes juntos no ano passado - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Geromel e Kannemann jogaram poucas vezes juntos no ano passado Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

15/01/2021 04h00

A dupla de zaga ideal do Grêmio é conhecida há muitos anos. As conquistas recentes do time de Renato Gaúcho contaram, sempre, com Walter Kannemann e Pedro Geromel na defesa. Mas a barreira tão importante na frente do gol gremista se repetiu apenas 16 vezes em 2020 e o problema volta a acompanhar a equipe neste ano.

O último jogo em que a dupla foi formada ocorreu em 23 de dezembro, contra o São Paulo, pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. Geromel, no entanto, saiu lesionado e desde então não jogou mais.

Não será dessa vez que o defensor irá retornar. Segundo apurou o UOL Esporte, ele está fora do duelo contra o Palmeiras, hoje (15), às 21h30, no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Foi difícil ver Kannemann e Geromel juntos no ano passado. Foram 16 jogos, com sete vitórias do Grêmio, sete empates e duas derrotas, aproveitamento de 58,3%. Neste ano, ainda não puderam jogar juntos.

Em 2019, a dupla tinha sido formada por 31 vezes. O que mudou não foi qualquer queda de rendimento ou mudança nos planos do comando técnico, mas a infelicidade por ambos sofrerem com problemas físicos ao longo da temporada. Tanto Kannemann quanto Geromel tiveram longos períodos fora da equipe. Além disso, a dupla passou por um período de isolamento pelo contágio de Covid-19.

Kannemann fechou o ano passado com 26 jogos, Geromel com 31.

As ausências, inclusive, abriram espaço para boas atuações de Rodrigues, David Braz e Paulo Miranda, que se alternaram na equipe. Até mesmo o jovem Ruan conseguiu jogar eventualmente.

O plano do comando técnico gremista é recuperar Geromel para a reta final do Brasileiro e a decisão da Copa do Brasil. Pela 30ª rodada do nacional, no Allianz Parque, a dúvida é entre David Braz e Rodrigues ao lado de Kannemann na defesa.

Grêmio