PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Renato Gaúcho faz 'falta' e reclama de presença na arquibancada

Do UOL, em Porto Alegre

09/01/2021 23h15

Classificação e Jogos

Renato Gaúcho chamou atenção, além do comum, no jogo de hoje (9) entre Fortaleza e Grêmio. No empate sem gols, o treinador atraiu holofotes ao cometer uma "falta" no primeiro tempo, e ainda ao reclamar da presença de pessoas nas arquibancadas do Castelão.

O resultado acabou sendo ruim para os dois times na classificação do Brasileiro. O time gaúcho, por exemplo, não conseguiu assumir a vice-liderança, e o cearense não se afastou da zona de rebaixamento.

Renato foi uma figura à parte. No primeiro tempo, quando Carlinhos, lateral rival, corria para evitar uma saída de bola, ele ficou posicionado na área técnica. O jogador conseguiu impedir a saída, mas ao retornar para o campo, foi agarrado por Portaluppi. Ele alegou que pensou que o jogador cairia fora do gramado e resolveu ajudar. Sorrindo, ele acabou levando cartão amarelo do árbitro, que marcou falta.

"Eu não me lembro de um treinador fazer falta e levar o amarelo. Só o Renato, mesmo. Tem coisas que só com o Renato", disse o ex-atacante e hoje comentarista, Paulo Nunes, no programa Troca de Passes, do SporTV.

Já na segunda etapa, a irritação tomou conta do ex-atacante ao ver que havia muita gente acompanhando o jogo no estádio. Ele reclamou ao quarto árbitro, e suas frases foram captadas pelos microfones na transmissão do jogo pelo Premiere.

"Ele (árbitro) já pediu há 15 minutos pra polícia ir lá (na arquibancada). Tem 300 caras ali, de onde saiu tanta gente?", indagou.

Em campo, pouco inspirados, Grêmio e Fortaleza empataram em 0 a 0. Os destaques do jogo foram os goleiros Paulo Victor e Felipe Alves. O time comandado por Renato está invicto há 14 partidas.

Grêmio