PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Desejado pelo Palmeiras, Hulk vê acerto com o Wolverhampton travar

Hulk, atacante do Shanghai SIPG, em ação durante vitória sobre o Buraram United - Xinhua/Ding Ting
Hulk, atacante do Shanghai SIPG, em ação durante vitória sobre o Buraram United Imagem: Xinhua/Ding Ting

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

15/12/2020 16h05

Classificação e Jogos

O Palmeiras mantém contatos frequentes com o estafe de Hulk, mas ainda trata com extrema cautela a possibilidade de contratá-lo no mercado da bola para 2021. Livre no mercado, o atacante de 34 anos de idade chegou a ter conversas adiantadas com o Wolverhampton, da Inglaterra, mas as regras da Federação Inglesa travaram o acordo.

A partir do dia 1º de janeiro, a Premier League terá uma legislação mais restrita para aquisição de jogadores estrangeiros. Só receberão vistos de trabalho atletas que atingirem uma pontuação mínima, levando em conta o histórico recente pela seleção de seu país, a força de sua última equipe e o número de partidas disputadas.

Hulk não joga pela seleção brasileira desde 2016 e esteve nos últimos cinco anos no Shanghai SIPG, da China, que não tem uma das ligas consideradas mais fortes. Por isso, a possibilidade de jogar na Inglaterra praticamente se encerrou, ainda que as conversas estivessem caminhando bem com o Wolverhampton.

Neste cenário, o Palmeiras ainda não fez proposta, mas mantém o desejo de contar com o atacante, torcedor do clube. Nesta temporada, Hulk chegou a assistir a um jogo do Verdão no camarote da diretoria no Allianz Parque e seus filhos iriam treinar na base alviverde, não fosse a paralisação das competições por conta do novo coronavírus.

A diretoria alviverde, enquanto segue em conversas informais com os empresários do jogador e deixa clara sua intenção de contratá-lo, vê alguns complicadores. A começar pelo ano com receitas impactadas por conta da Covid-19 — o Verdão apresenta um déficit de mais de R$ 130 milhões e não quer fazer uma contratação que deixe o caixa ainda mais prejudicado.

Além disso, pessoas no Palmeiras veem um mercado grande para Hulk no exterior e com ofertas que não serão possíveis de cobrir financeiramente. Equipes dos EUA, Emirados Árabes e Porto (POR) manifestaram interesse no jogador, que está de férias e ainda não tomou uma decisão.

João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base do Palmeiras, é um grande amigo do atacante, e já tentou em outros momentos convencê-lo a realizar o sonho de atuar por sua equipe de coração. A boa relação de Hulk e seu estafe com o Palmeiras é o grande trunfo em uma possível contratação e o motivo pelo qual os contatos seguem frequentes.

Enquanto as principais ligas da Europa vão abrir inscrições para novos atletas em janeiro, a janela internacional no Brasil só reabre em março. Há, porém, uma possibilidade de a Fifa autorizar inscrições fora do prazo, mediante avaliação individual de casos. O clube teria de fazer um pedido na entidade por esta exceção.

Palmeiras