PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Abel Ferreira recebe oferta do Qatar, mas não quer deixar o Palmeiras

Abel Ferreira, durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol - Cesar Greco
Abel Ferreira, durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

03/12/2020 18h54

Classificação e Jogos

Abel Ferreira recebeu no começo da semana uma oferta do Al Rayyan, do Qatar, mas nem ele nem o Palmeiras deram sequência à conversa. A equipe falava em pagar salários de 3 milhões de euros por temporada (R$ 18 milhões) ao treinador, o dobro do que recebe no Brasil. O português, porém, teve uma conversa com a diretoria alviverde, e as partes reforçaram o desejo de seguir o trabalho, iniciado há um mês.

A oferta foi revelada inicialmente pelo portal "Goal", e chegou pelo empresário do treinador, Hugo Cajuda. Depois de comunicar que não tinha interesse em tratar de uma negociação com o Al Rayyan, a cúpula do Palmeiras avisou a Abel Ferreira que mantém o projeto firmado como ele. O contrato, válido até o fim de 2022, possui multa rescisória.

O próprio treinador falou a pessoas próximas que está comprometido com o Palmeiras e com o elenco. Por isso, não quer sair depois de tão pouco tempo no Brasil, apesar de ter balançado com a alta oferta salarial.

No Verdão, a avaliação é de que não há o risco de saída de Abel Ferreira no momento. Em nove partidas, o técnico conseguiu sete vitórias, um empate e uma derrota, com classificações às quartas de final da Copa Libertadores e à semifinal da Copa do Brasil. No dia a dia, a relação é também considerada muito boa.

Palmeiras