PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Luciano joga no sacrifício, desgasta e vira dúvida contra Fortaleza de Ceni

Luciano, atacante do São Paulo, é dúvida para enfrentar o Fortaleza pela Copa do Brasil - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Luciano, atacante do São Paulo, é dúvida para enfrentar o Fortaleza pela Copa do Brasil Imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

22/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

Luciano se ausentou dos treinos do São Paulo no início da semana. A justificativa oficial é que o atacante queixa-se de desconforto muscular na coxa direita, mas a situação o acompanha há algum tempo, e o problema clínico é um pouco pior. Ele sofreu um estiramento e ainda é tratado como dúvida para enfrentar o Fortaleza, domingo (25), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Procurada para falar sobre o tema, a assessoria de imprensa do clube informou que não se manifesta sobre problemas clínicos.

O atleta atuou no sacrifício nos compromissos mais recentes do Tricolor paulista na temporada e apresentava o quadro de dor muscular há algum tempo. Porém, topou seguir como titular do time de Fernando Diniz. Em que pese o desgaste, atuou em três jogos consecutivos — diante de Palmeiras, Fortaleza e Grêmio — e ainda foi determinante ao participar de gols. Ele deu duas assistências e fez um gol diante do time de Rogério Ceni, na Arena Castelão.

A insistência na utilização de Luciano é explicada por sua importância no elenco. O jogador, de 27 anos, está atrás somente de Brenner e Pablo, com nove gols cada, na lista de artilharia do grupo comandado por Fernando Diniz. Ele fez seis gols e deu três assistências em 13 jogos disputados em 2020.

A confiança do treinador no atleta prevalece desde o ano passado. Eles trabalharam juntos no Fluminense, e o jogador foi um dos destaques do time carioca, com 15 gols em 31 jogos. A transferência para o Morumbi, inclusive, foi um pedido de Diniz à diretoria são-paulina. O técnico avalizou a troca por Everton com o Grêmio, time que o atleta defendeu até o início deste ano.

O atual problema de Luciano exige, em média, que ele fique cerca de duas semanas afastado. Porém, é possível que o jogador se recupere antes para entrar em campo na partida decisiva contra o Fortaleza, no Morumbi.

São Paulo