PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Umberto Louzer explica recusa ao Cruzeiro: 'acredito no projeto da Chape'

Umberto Louzer preferiu permanecer na Chapecoense depois de ter dito sim ao Cruzeiro - Márcio Cunha / ACF
Umberto Louzer preferiu permanecer na Chapecoense depois de ter dito sim ao Cruzeiro Imagem: Márcio Cunha / ACF

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

14/10/2020 15h15

Classificação e Jogos

O técnico Umberto Louzer, por meio de nota oficial, explicou o motivo de ter mudado de opinião e recusado a oferta do Cruzeiro. Em texto publicado no site oficial da Chapecoense, o treinador disse que preferiu dar sequência ao projeto do time catarinense, o atual terceiro colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B.

"Agradeço o contato do Cruzeiro, mas optei por permanecer na Chapecoense. De fato, houve um interesse para que pudesse assumir a equipe, mas acredito muito no projeto que aqui está sendo desenvolvido. Pesou nesta decisão minha vontade de permanecer e concluir o que começamos. Além disso, prezo por cumprir meu contrato por onde passo e aqui não será diferente", justificou.

Louzer já havia aceitado a proposta cruzeirense. O treinador, inclusive, era esperado hoje (14) em Atibaia, onde o Cruzeiro faz uma mini intertemporada, para comandar a atividade desta tarde.

Entretanto, uma reunião com dirigentes da Chapecoense na madrugada de ontem (13), fez com que Umberto Louzer mudasse de opinião e permanecesse na equipe de Chapecó. Fontes do Sul do País disseram ao UOL Esporte que Louzer recebeu um aumento salarial, o que teria sido determinante para sua permanência no time Condá.

O Cruzeiro agora segue na missão de encontrar um novo treinador. Lisca, do América-MG, Felipão (sem clube) e Marcelo Chamusca, do Cuiabá, além de Umberto Louzer, já disseram não ao time celeste.

Responsável pelas tratativas pelo novo treinador, o diretor de futebol da Raposa, Deivid, monitora o mercado na tentativa de encontrar o substituto de Ney Franco, demitido após a partida contra o Oeste, na semana passada.

O UOL apurou que dez nomes já foram procurados pelo Cruzeiro. Além dos quatro citados (Lisca, Louzer, Felipão e Marcelo Chamusca) a diretoria estrelada procurou Thiago Nunes, que recentemente foi demitido do Corinthians, Vanderlei Luxemburgo e Dorival Júnior. Todos esses também ficaram fora por motivo financeiro ou negativa pessoal.

Leia na íntegra a nota oficial da Chape com o posicionamento de Umberto Louzer

A Associação Chapecoense de Futebol vem a público para informar, de maneira oficial, que o técnico Umberto Louzer segue no comando da equipe.

Após interesse demonstrado pelo Cruzeiro Esporte Clube, o treinador comunicou à diretoria verde e branca, no início da tarde desta quarta-feira (14), que está focado no projeto e objetivos da Chapecoense.

"Agradeço o contato do Cruzeiro, mas optei por permanecer na Chapecoense. De fato, houve um interesse para que pudesse assumir a equipe, mas acredito muito no projeto que aqui está sendo desenvolvido. Pesou nesta decisão minha vontade de permanecer e concluir o que começamos. Além disso, prezo por cumprir meu contrato por onde passo e aqui não será diferente", afirmou.

Cruzeiro