PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuca defende Robinho no Santos: "Pessoa maravilhosa e exemplo de jogador"

Robinho assiste à partida Santos x Atlético-GO, na Vila Belmiro - Ettore Chiereguini/AGIF
Robinho assiste à partida Santos x Atlético-GO, na Vila Belmiro Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

14/10/2020 23h28

O técnico Cuca saiu em defesa do atacante Robinho após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-GO, na noite de hoje (14), na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Brasileirão.

O comandante do Santos pediu um "tempo maior para falar com mais calma" sobre a situação, mas adiantou que, em sua opinião, o camisa 7 sempre foi corretíssimo em suas atitudes durante a carreira como jogador.

"Quero ter um tempo maior para falar. Agora não é hora de a gente falar desse tema. Tivemos bastante conversa, com diversas pessoas do clube, em cima dele. Ele, pra mim, é uma pessoa maravilhosa, um exemplo de jogador, sempre foi corretíssimo em todas as atitudes que ele teve. A gente não tem um momento da carreira do Robinho que deva ser denegrido. Tem o episódio fora do campo, que está sobre júdice, e a gente tem que aguardar. É um tema para falar com mais calma. O que eu puder fazer para ajudar o Robinho em vida eu vou fazer", disse o técnico.

Robinho foi contratado pelo Peixe no último final de semana e inscrito na segunda-feira, véspera da nova punição recebida pelo Peixe pela dívida com o Huachipato (CHI) pela contratação de Soteldo - que bloqueia novos reforços pelas próximas três janelas de transferência.

O acerto rendeu críticas ao clube alvinegro pela condenação sofrida por Robinho na Itália. O atacante é acusado de "violência sexual em grupo" e foi condenado a nove anos de prisão em primeira instância. Ele recorre da decisão em segunda instância e o caso pode ir até a terceira instância.

Como resultado da polêmica pelo acerto com o camisa 7, o Peixe perdeu um patrocinador hoje (14). A Orthopride, que anunciava nos números do uniforme santista, rompeu contrato com o clube por não concordar com a contratação de Robinho. O Peixe emitiu nota oficial defendendo o jogador e seus advogados explicaram que, por lei, o atacante é considerado inocente enquanto durar o processo.

Santos