PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro Cezar: "O 'grande culpado' de Luxemburgo no Palmeiras é o Ribamar"

Do UOL, em São Paulo

29/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

O torcedor do Palmeiras não ficou satisfeito com o rendimento do time na partida diante do Flamengo cheio de desfalques devido ao surto de Covid-19 que assolou o grupo rubro-negro. O empate foi o terceiro seguido do clube alviverde, cujas atuações sob o comando de Vanderlei Luxemburgo também não empolgam.

No podcast Posse de Bola #60, Mauro Cezar Pereira diz que o 'culpado' pelo fraco futebol do Palmeiras foi Ribamar, atacante do Vasco. Para o jornalista, a diretoria do clube se iludiu com o empate do Vasco de Luxemburgo por 4 a 4 com o Flamengo de Jorge Jesus no ano passado.

"O grande 'culpado' disso tudo é o Ribamar, sabe por que? Porque o Ribamar empatou o jogou lá que o Luxemburgo 'ganhou' de 4 a 4, aquele jogo. Graças aos seus amigos que são muito na imprensa esportiva e exaltaram o Vasco do Luxemburgo, não o Vasco, o Luxemburgo, pelo 4 a 4", diz Mauro Cezar.

"Exaltaram o Luxemburgo por conta daquele gol do Ribamar, encheram a bola do Luxemburgo, e o Galiotte acreditou que o Luxemburgo tinha realmente voltado, mas não voltou, o trabalho dele no Vasco foi mediano, com um time mediano, e porque ele é um técnico no máximo mediano hoje", completa.

Mauro afirma que depois da troca de comando na direção de futebol, com a saída de Alexandre Mattos e a participação de conselheiros junto a Galiotte, dispensar Luxemburgo seria a admissão do erro de planejamento do Palmeiras.

"O Alexandre Mattos sai do Palmeiras, e o Galiotte, junto com dois ou três caras do conselho, resolve assumir o futebol. Eles escolhem o Luxemburgo. Como é que você manda ele embora agora? Você vai ter que admitir que fez uma péssima escolha, mas o torcedor do Palmeiras já percebeu isso há muito tempo. É uma situação extremamente delicada, mas o Ribamar, coitado do Ribamar, foi o culpado por isso tudo", diz o jornalista.

Ele ainda lembra que antes de Luxemburgo a direção palmeirense procurou Jorge Sampaoli e diz que é incompatível negociar com alguém do perfil do argentino e acabar fechando com o experiente treinador brasileiro em seu momento atual da carreira.

"Você vai lá e conversa com o Sampaoli, não houve acordo, vou procurar um outro técnico com esse perfil na Argentina, na Espanha, no Japão, no Uzbequistão, sei lá, em algum lugar vai ter um maluco aí que vai fazer um trabalho parecido, tem que achar esse cara. Ligo para o Bielsa: 'me indica um cara aí que goste de você, quero um cara doidão, assim que nem você'. Não, eles vão no Luxemburgo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol