PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians busca técnico, mas "ousadia" de Coelho agrada por efetivação

Dyego Coelho comanda treino do Corinthians no CT Joaquim Grava; treinador foi bem contra o Bahia - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Dyego Coelho comanda treino do Corinthians no CT Joaquim Grava; treinador foi bem contra o Bahia Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/09/2020 04h00

O Corinthians segue no mercado da bola em busca de um técnico para o lugar de Tiago Nunes, demitido recentemente do clube. No entanto, segundo apurou o UOL Esporte, a cúpula alvinegra não descarta a efetivação do interino Dyego Coelho. Entre os fatores que pesam a favor do ex-lateral corintiano e que agradam à diretoria está a sua ousadia em escalações e condução do grupo.

Inicialmente, Coelho era visto no cargo apenas como temporário e, por conta disso, a contratação de um novo treinador era a única opção. Mas, a vitória contra o Bahia, na semana passada, e a dificuldade de encontrar um técnico à altura do cargo no mercado, reavivaram a chance de efetivação do ex-lateral.

O Corinthians não trabalha com "apostas" para assumir o posto e, por isso, o leque de opções fica menor.

Desta forma, a diretoria administra a situação com paciência, pelo menos até o próximo jogo do Corinthians: contra o Sport, amanhã, às 21h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Caso Coelho consiga um vitória, por exemplo, fora de casa, a efetivação deve ganhar força nos bastidores do Alvinegro.

Além do resultado, o futebol apresentado, a postura dos atletas e, principalmente, a ousadia de Dyego Coelho na escalação, chamaram a atenção da diretoria corintiana de forma positiva.

O treinador foi ousado ao escalar uma dupla de volantes revelada nas categorias de base — casos de Xavier e Roni — e, consequentemente, colocando Camacho, Cantillo e Éderson no banco de reservas.

Os dois jovens se destacaram na partida, e Roni, inclusive, fez o segundo gol do Corinthians em chute forte e rasteiro de fora da área.

Coelho escalou o time no esquema 4-1-4-1, com Xavier entre as linhas, Otero e Everaldo abertos, Roni e Araos por dentro, e Mateus Vital de "falso nove" no comando do ataque. Para o duelo contra o Sport, ele não terá o chileno, suspenso, mas deve contar com o retorno de Luan, recuperado de lesão, e Gabriel, que volta de suspensão.

Futebol