PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Campeão por Corinthians e SPFC, Danilo vê Mundial distante de brasileiros

Danilo em ação pelo Corinthians na final contra o Chelsea, em 2012: ex-meia é bicampeão mundial - Flavio Florido/UOL
Danilo em ação pelo Corinthians na final contra o Chelsea, em 2012: ex-meia é bicampeão mundial Imagem: Flavio Florido/UOL

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

20/09/2020 04h00

Campeão mundial com as camisas de Corinthians e São Paulo, o ex-meia Danilo acredita que os times brasileiros vão demorar muito tempo para voltar a conquistar o título. Para o "Zidanilo", apelido que ganhou no ápice da carreira, os investimentos e o interesse das equipes europeias dificultam a tarefa do Brasil na competição.

O último título brasileiro no Mundial aconteceu há oito anos, quando o Corinthians derrotou o Chelsea por 1 a 0, com Danilo em campo. O ex-jogador também estava presente como titular na conquista do São Paulo, contra o Liverpool, em 2005, pelo mesmo placar.

"Vai demorar. Já são oito anos [que o Corinthians ganhou]. Vai ser difícil, ainda vai demorar muito, porque não é fácil e os times europeus sempre vêm forte. Antigamente, acho que eles não ligavam muito, mas quando começaram a perder aí passou a dar mais moral. Agora vai ser mais difícil. Os investimentos são maiores, os times são mais fortes", disse Danilo em entrevista ao UOL Esporte.

Além de Corinthians e São Paulo, o Inter também conseguiu erguer a taça neste século, em 2006, diante do Barcelona, também pela contagem mínima. O próprio time gaúcho (2010), Santos (2011), Atlético-MG (2013), Grêmio (2017) e Flamengo (2019) falharam na missão.

Em 2010 e 2013, os brasileiros sequer chegaram à final. O Inter perdeu para o Mazembe, da República Democrática do Congo, na semifinal. O Atlético-MG caiu na mesma fase diante do Raja Casablanca, do Marrocos.

Danilo também comparou os times de Liverpool e do Chelsea. Segundo ele, o time londrino era inferior, pois tinha jogadores mais pesados, sem tanta movimentação.

"O Liverpool era mais forte. Os jogadores eram mais leves, com mais mobilidade. Entre o Liverpool de 2005 e o Chelsea de 2012, acredito que o Liverpool era muito melhor. Era bom individualmente e tinha um grupo muito forte", afirmou.

Danilo, 41 anos, está aposentado desde meados do ano passado. Depois de nove temporadas no Corinthians, ele acertou com o Vila Nova, mas a passagem durou apenas seis meses. Agora, o ex-atleta se prepara para virar treinador a partir de 2021.

Futebol