PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Seleção: Tite mantém espinha da Copa-18, mas busca renovação em laterais

Tite, durante convocação da seleção brasileira em 18 de setembro de 2020 - Lucas Figueiredo/CBF
Tite, durante convocação da seleção brasileira em 18 de setembro de 2020 Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

18/09/2020 14h06

Ao convocar a seleção brasileira para a estreia nas Eliminatórias, Tite manteve o equilíbrio que vem adotando desde a Copa de 2018, balanceando uma espinha dorsal remanescente do Mundial com um misto de novos testes e jogadores que ganharam espaço nos últimos dois anos. A base de atletas que estiveram na Rússia vem diminuindo: de 14 nomes na lista inicial para a Copa América do ano passado, para nove em março deste ano (os jogos foram adiados devido à pandemia do novo coronavírus) e na convocação de hoje. Nas laterais, o principal foco de indefinição.

Do Mundial, aparecem na lista que inicia a caminhada para 2022 Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos, Casemiro, Coutinho, Neymar, Gabriel Jesus e Roberto Firmino. O termo "espinha dorsal" pode parecer clichê, mas é difícil argumentar que não se aplica aos nove: todos eles, com exceção de Danilo, que ficou de fora de algumas listas, são peças fundamentais da seleção brasileira, pilares que ocupam o gol, a defesa, o meio de campo e o ataque.

Se Danilo fica fora, ainda, da tal espinha, é porque as laterais são palcos das disputas mais abertas no planejamento de Tite. O jogador da Juventus é o único, dos quatro que estiveram na Rússia (Danilo, Fagner, Marcelo e Filipe Luís) que não passou dos 30 anos. Não fosse pela lesão de Daniel Alves, ele poderia até ter ficado de fora da lista final da Copa.

Desde 2018, o cenário mudou. Marcelo escorregou para fora dos planos da seleção brasileira, Daniel Alves se transferiu para o São Paulo e atua como meia. Filipe Luís e Fagner segue como opções, mas tem 35 e 31 anos, respectivamente, o que leva o comandante brasileiro a buscar alternativas.

Na esquerda, Alex Sandro vem conquistando espaço. Renan Lodi é uma das opções, Alex Telles, convocado hoje, outra. Do lado direito, Tite surpreendeu ao convocar Gabriel Menino, que já atuou no setor mas tem jogado no meio de campo pelo Palmeiras. São testes em busca de soluções para uma área do campo ainda longe de definições.

Completa a lista uma mistura de atletas em fase de experiência com jogadores que conquistaram espaço e confiança de Tite nos últimos dois anos. No primeiro grupo, nomes como Douglas Luiz, do Aston Villa (ING) e Bruno Guimarães, do Lyon (FRA) ; no segundo, peças como Richarlison, do Everton (ING) e Everton Cebolinho, ex-Grêmio e atualmente no Benfica.

O Brasil estreia nas Eliminatórias diante da Bolívia, no dia 9 de outubro. Quatro dias depois, em Lima, enfrentará o Peru.

Confira a lista completa de convocados:

GOLEIROS

Alisson - Liverpool (ING)
Santos - Athletico Paranaense
Weverton - Palmeiras

LATERAIS
Danilo - Juventus (ITA)
Gabriel Menino - Palmeiras
Alex Telles - Porto (POR)
Renan Lodi - Atlético de Madri (ESP)

ZAGUEIROS
Thiago Silva - Chelsea (ING)
Marquinhos - Paris Saint Germain (FRA)
Felipe - Atlético de Madri (ESP)
Rodrigo Caio - Flamengo

MEIAS
Casemiro - Real Madrid (ESP)
Fabinho - Liverpool (ING)
Bruno Guimarães - Lyon (FRA)
Douglas Luiz - Aston Villa (ING)
Philippe Coutinho - Barcelona (ESP)
Everton Ribeiro - Flamengo

ATACANTES
Gabriel Jesus - Manchester City (ING)
Rodrygo - Real Madrid (ESP)
Neymar - Paris Saint Germain (FRA)
Everton - Benfica (POR)
Roberto Firmino - Liverpool (ING)
Richarlison - Everton (ING)

Seleção Brasileira