PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Drone paralisa partida entre XV de Piracicaba e Portuguesa

Drone interrompe XV de Piracicaba X Portuguesa - Reprodução/SporTV
Drone interrompe XV de Piracicaba X Portuguesa Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/09/2020 19h01Atualizada em 07/09/2020 19h29

Um drone paralisou por alguns minutos a vitória do XV de Piracicaba sobre a Portuguesa, por 3 a 2, pelas quarta de final Série A-2 do Campeonato Paulista. Sobrevoando o estádio Barão da Serra Negra, no interior paulista, o objeto forçou a interrupção da partida por aproximadamente quatro minutos.

Aos 19 minutos do primeiro tempo, o árbitro parou o jogo por alguns instantes para comunicar a presença do drone para o delegado da partida. Como o objeto permaneceu no local, o juiz foi obrigado, dois minutos depois, a interromper o confronto. No momento, a Portuguesa vencia por 2 a 0.

"Alguém arrumou outro jeito de ver o jogo. Não pode, gente. Tudo bem que está um céu legal para dar uma voada, sem absolutamente nenhuma nuvem e tudo mais, mas foi devidamente notado pelo Leandro Carvalho da Silva", brincou o narrador do SporTV, Henrique Guidi.

"O árbitro tem que fazer isso: dar publicidade. Parou, informou que tem... O ato está público. Qualquer irregularidade, vai pedir para que o delegado do jogo ou o quarto árbitro tome alguma providência", completou Sálvio Spinola, comentarista de arbitragem.

Já com o jogo parado, o narrador pediu para o dono do drone retirá-lo do local. "Enquanto o drone não sair daí, não tem jogo, querido. Pode tirar esse negócio daí. Se você tiver vendo a nossa transmissão, por gentileza, tire esse negócio de cima do Barão da Serra Negra porque a gente quer continuar transmitindo o jogo. Você não é mais bonito que ninguém. Muito obrigado".

Por sua vez, Sálvio parabenizou o árbitro por aproveitar o episódio para permitir a reidratação dos jogadores. A bola voltou a rolar aos 25 minutos da primeira etapa.

"Inteligente, esperto e rápido na decisão. Jogo parado, aproveitou para hidratação. Ótima decisão da arbitragem", disse o ex-árbitro.

Futebol