PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Rei dos 'caños', Benítez se apaixona pelo Rio e cresce com Ramon no Vasco

Martín Benítez foi um dos destaques da vitória do Vasco sobre o Sport e deu duas "canetas" no jogo - Rafael Ribeiro / Vasco
Martín Benítez foi um dos destaques da vitória do Vasco sobre o Sport e deu duas "canetas" no jogo Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/08/2020 04h00

Uma vida inteira de Independiente. Pela primeira vez, Martín Benítez, de 26 anos, deixou o clube do coração, o seu país e se aventurou no Rio de Janeiro, local que já tinha atração e que agora se apaixonou de vez. Ainda pelo clube argentino, o meia já tinha cravado seu nome na cidade ao ser campeão da Copa Sul-Americana sobre o principal rival do Vasco, o Flamengo, em pleno Maracanã.

E para quem ainda não o conhecia, na última quinta-feira (13), ele apresentou seu cartão de visitas na vitória sobre o Sport, fazendo uma grande partida e distribuindo canetas, ou, como ele diz em sua língua, "caños".

"Na Argentina se chama 'caño', é parecido (risos). Aprendi rápido isso. Hoje pude dar dois ou três caños. O mais importante é que a equipe ganhou e teve grande atuação", disse à Vasco TV após o jogo com os pernambucanos.

No Vasco desde março, Benítez sente-se cada vez mais adaptado ao clube e à cidade. Nos momentos de folga, tem combinado passeios de barco em família com seu companheiro e conterrâneo Germán Cano para Angra dos Reis, na região da Costa Verde (RJ).

"Gosto muito do Rio de Janeiro. Vim de férias em 2017 e 2018. Gosto muito dessa cidade. Agora, não posso ir à praia, mas saio para tomar mate, o que é típico na Argentina. Família está se adaptando muito bem. Como muita 'parrillada' [churrasco] com Cano. Creio que um está ajudando ao outro nessa adaptação, o que é muito importante", destacou.

O meia também agradeceu aos companheiros de Vasco por se sentir cada vez mais à vontade:

"Eu vim trabalhando, é tudo novo para mim, é a primeira vez que saí da Argentina. Foi um bom jogo da equipe [contra o Sport], creio que vai ganhando confiança jogo a jogo. Quero agradecer ao Ramon [Menezes, treinador do cube] pela confiança e aos meus companheiros, que vêm me ajudando muito. Quero melhorar individualmente, mas quero ressaltar a equipe. Foi um grande jogo de todos."

Ramon apostou nele

Durante a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus, o técnico Ramon Menezes fez questão de ligar para Benítez e dizer que contava com o argentino.

O meia contratou um personal trainer (Leonardo Coelho) e se condicionou, de modo que, quando se reapresentou ao Vasco, não sentiu tanto o tempo longe dos gramados. Após o jogo contra o Sport, Ramon foi só elogios ao jogador:

"Benítez é um jogador muito inteligente. O comportamento dele dentro da partida é muito bom. Tanto na parte defensiva quanto na ofensiva. Faz o extremo pela direita e pela esquerda. Jogou muito tempo no Independiente e já fez essas funções. Com a bola, tem muita qualidade técnica, é inteligente para jogar".

Nome da partida ao fazer os dois gols da vitória, Fellipe Bastos também enalteceu o companheiro argentino e citou sua bagagem criada no Independiente.

"Benítez é argentino, sabe segurar bem a bola. Vai nos ajudar muito. Ele disputou grandes competições, está calejado, precisamos disso. É um jogador que segura a bola", destacou o volante.

Vasco