PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após 7 anos, Willian confirma saída do Chelsea: "Hora de seguir em frente"

Willian, do Chelsea, em jogo contra o Burnley - Ben Stansall/AFP
Willian, do Chelsea, em jogo contra o Burnley Imagem: Ben Stansall/AFP

Do UOL, em São Paulo

09/08/2020 10h21

O que já vinha sendo comentando pela imprensa britânica foi oficializado hoje: depois de sete anos no clube, o brasileiro Willian anunciou que está deixando o Chelsea. "Hora de seguir em frente", escreveu ele no Instagram, em uma carta aos fãs do time. O colunista do UOL Danilo Lavieri publicou na última semana que o jogador deve acertar por três anos com o rival Arsenal.

"Foram sete anos maravilhosos. Em agosto de 2013, quando recebi a oferta do Chelsea, estava convencido de que era aqui que eu deveria jogar. Hoje tenho certeza que foi a melhor decisão. Foram muitos momentos felizes, alguns tristes, houve troféus e sempre foi muito intenso", escreveu o jogador, que completa 32 anos hoje.

Em sua última temporada pelos Blues, Willian atuou em 47 partidas, marcou 11 gols e deu nove assistências - no entanto, uma lesão no tendão de Aquiles o tirou do jogo de ontem contra o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões. O jogo terminou em 4 a 1 para os alemães.

Willian diz que aprendeu a cada minuto nos clubes, nos treinos e nos jogos, e agradeceu ao afeto recebido nesses anos pelo clube e pela torcida.

"Chegou a hora de seguir em frente. Certamente vou sentir falta dos meus companheiros. Sentirei saudades de todos os funcionários do clube que sempre me trataram como um filho e dos torcedores. Saio de cabeça erguida, com a certeza de que ganhei aqui e que sempre dei o meu melhor com a camisa do Chelsea".

O jogador não deu pistas de qual será o seu futuro clube. Um dos interessados em tê-lo no elenco seria o rival Arsenal, que teria oferecido três anos de contrato ao brasileiro.

AN OPEN LETTER TO THE FANS OF CHELSEA FOOTBALL CLUB . . They were seven wonderful years. In August 2013 when I received the offer from Chelsea, I was convinced that this was where I had to play. Today I am certain that it was the best of decisions. There were so many happy times, some sad, there were trophies and it was always very intense. . . Yet, beyond the trophies, I learnt a lot about myself. I developed a great deal, becoming a better player and a better person. With each training session, with each game, with every minute spent in the dressing room, I was always learning. . . I am really grateful to the Chelsea fans for the affectionate way they welcomed me at Stamford Bridge and their support throughout my time at the club. There was also criticism, which is normal, what is important though is that both the affection and criticism drove me to always give my all in every training session, every game, to be constantly improving until my very last minute in a Chelsea shirt! . . The time has now come to move on. I am certainly going to miss my teammates. I will miss all the staff at the club who've always treated me like a son and I will miss the fans. I leave with my head held high, safe in the knowledge that I won things here and always did my best in a Chelsea shirt! . . My heartfelt thanks go out to all of you and God bless you! . Willian Borges da Silva

Uma publicação compartilhada por Willian Borges Da Silva (@willianborges88) em

Futebol