PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Evanilson pede passagem, e Fluminense vê quatro atletas para três vagas

Evanilson aproveitou bem a oportunidade do Fluminense e criou problema para escalação do time tituar - Thiago Ribeiro/AGIF
Evanilson aproveitou bem a oportunidade do Fluminense e criou problema para escalação do time tituar Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

03/08/2020 08h05

A oportunidade que Evanilson tanto esperava chegou. O centroavante assumiu a condição de titular na ausência de Fred, que passou por cirurgia para resolver um problema oftalmológico, e deu conta do recado. Mais que isso. Criou um problemão para o técnico Odair Hellmann, no Fluminense, que vê o crescimento do jovem jogador e terá que fazer uma difícil escolha, já que não cabe todo mundo no time titular.

Na prática quatro atletas disputam três vagas no ataque tricolor. A expectativa é que Fred, que já treina com o grupo desde a última sexta-feira, esteja à disposição para a estreia do Campeonato Brasileiro contra o Grêmio, em Porto Alegre, no próximo domingo (9). Dificilmente, se estiver disponível, o camisa 9 não será o titular.

Em grande momento, Evanílson perderia a posição, ou seria improvisado mais recuado? Nesse caso, quem perderia a vaga no time: Nenê ou Marcos Paulo? Essas perguntas serão respondidas ao longo da semana durante as observações feitas por Odair nos treinamentos.

"Estou preparado para o que vier. Posso atuar de centroavante ou até de lado. Na base jogava aberto, de ponta. Ano passado ou retrasado que virei centroavante. Consegui fazer gols no sub-20, tive chance no profissional e aproveitei. Se o Odair quiser me aproveitar na ponta, vou dar o meu melhor para ajudar", disse Evanilson.

O jovem centroavante tem um ponto a seu favor. Desde que foram deslocados para jogarem mais aberto, pelas pontas, Marcos Paulo e, principalmente, Nenê não repetiram o desempenho quando atuaram pela faixa central do campo. O experiente atacante, inclusive, havia marcado nove gols atuando como falso 9 antes da contratação de Fred.

Após a paralisação do futebol, no entanto, o camisa 77 não sabe o que é balançar as redes há sete partidas. Vale lembrar que Nenê contraiu o coronavírus pouco antes da retomada das atividades. Apesar do rendimento abaixo do esperado, ele é um dos líderes do elenco e visto internamente como importante para o time.

Marcos Paulo, por sua vez, tem oscilado. A qualidade técnica é evidente, mas nem sempre parece estar ligado na partida. Contra o Botafogo, por exemplo, teve atuação discreta, mas foi decisivo ao dar belíssima assistência para o gol de Evanilson já no segundo tempo.

Contratado com status de titular, Wellington Silva está, neste momento, um pouco atrás na briga por uma dessas posições. Ele atua com bastante velocidade aberto pelas pontas, mas ficou um tempo parado após ter testado positivo para o covid e perdeu espaço. O atacante busca a melhor forma para recuperar o prestígio.

O Fluminense estreia no Campeonato Brasileiro no dia 9, quando visitará o Grêmio, em Porto Alegre. Após ser vice no Carioca, o time realizou dois amistosos preparatórios com o Botafogo para o segundo semestre. O Tricolor somou uma vitória e um empate, mas não teve desempenho tão bom e ligou o sinal de alerta.

Fluminense