PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar: "Jesus nunca deu sinais de que ficaria aqui por muitos anos"

Do UOL, em São Paulo

14/07/2020 04h00

Perto de jogar a segunda partida da final do Campeonato Carioca com o Fluminense, o Flamengo tem lidado nos últimos dias com o noticiário a respeito da permanência do técnico Jorge Jesus, desejado pelo Benfica e que, mesmo com o contrato renovado recentemente com o Rubro-Negro, ainda não descartou a possibilidade de retornar ao clube português.

No podcast Posse de Bola #41, o jornalista Mauro Cezar Pereira destaca que no caso de Jesus optar por trocar o Flamengo pelo Benfica, a diretoria rubro-negra já deve estar preparada, vide as declarações dadas pelo próprio técnico que nunca indicaram a pretensão de uma longa permanência no futebol brasileiro, embora exalte o time da Gávea desde sua chegada e os títulos que conquistou.

"O Jesus nunca deu sinais de que ficaria aqui por muitos anos. Ele sempre chegou e ficou muito claro que era uma passagem. O futebol brasileiro não tem repercussão nenhuma lá fora. Ele conseguiu se 'reprojetar', digamos assim, em Portugal, porque pelo orgulho do português, 'olha como tem um técnico nosso deitando e rolando na América do Sul e no Brasil", afirma Mauro Cezar (disponível no vídeo acima a partir de 33:38).

"O Flamengo sempre deveria estar se preparando para esse momento, fosse agora, daqui a pouco, daqui um ano, não importa. E acho que existe nome no mercado sim, a questão é saber dar o tiro certo, como foi da outra vez. Agora, já com mais experiência e entender que vai ser caro. Trazer um técnico da Europa para cá é caro. Agora, se o cara é bom, vale a pena, é só ver a valorização. O Jesus é barato se você pensar na valorização dos jogadores do Flamengo pela passagem dele. Só o Pablo Marí deverá custar ao Arsenal mais do que o Dudu vai custar ao Al-Duhail lá do Qatar, caso seja comprado em definitivo os seus direitos, ele vai primeiro por empréstimo", completa o jornalista.

"Técnico brasileiro no Flamengo a chance é mínima"

No caso de o Flamengo precisar buscar um substituto para Jorge Jesus, Mauro Cezar acredita que o clube tentará novamente um estrangeiro e considera pequenas as possibilidades de um brasileiro vir a comandar o clube carioca no lugar de Jesus.

"Vai depender muito de como o Flamengo vai lidar com isso, técnico brasileiro a chance é mínima na saída dele, muito pequena. Acho que só vão contratar um técnico brasileiro se eles realmente baterem cabeça lá fora e não conseguirem acertar com ninguém. A tendência é contratar outro técnico de fora, provavelmente português. Essa pelo menos é uma tendência inicial. O Flamengo não procurou ainda outros treinadores", afirma Mauro Cezar.

"Seria uma tremenda tolice. Você procura um outro técnico e dar para o Jesus o argumento que ele iria utilizar para ir embora. 'Vocês já estão procurando alguém e nem falaram comigo'. Por isso que eu acho que caberia ao presidente do clube, aí não é nem o Bap, não é o Braz, não é ninguém, é o presidente, chamar para conversar, e uma conversa de trabalho lá no CT, no clube, onde for, e perguntar: 'você está inclinado a aceitar a proposta? Vamos jogar limpo aqui'", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol