PUBLICIDADE
Topo

Marinho ressalta aprendizado com Sampaoli, mas diz: 'Meio maluco'

Marinho durante jogo entre Santos e Red Bull Bragantino - Ivan Storti/Santos FC
Marinho durante jogo entre Santos e Red Bull Bragantino Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/07/2020 20h01

O atacante Marinho, do Santos, contou, em entrevista ao programa Quarentena do Alê, no YouTube, um pouco do dia a dia com Jorge Sampaoli. O jogador santista destacou que aprendeu muito com o treinador, mas também disse que o argentino é 'meio maluco' por conta de seu comportamento, quase sempre agitado.

"O Jesualdo é mais calmo. O Sampaoli era muito agitado e eu me identificava com ele porque eu sou assim também. Ele é meio maluco. Às vezes, a gente errava um passe e ele gritava demais. Aprendemos muito com ele (...) Tem hora que ele brigava com os outros treinadores. É dele. Independente do clube que ele estiver, ele vai fazer isso. É o jeito dele. (...) Foi uma grande oportunidade. E temos uma nova oportunidade com o Jesualdo. Esperamos ajudá-lo para termos um ano incrível ainda", declarou Marinho.

Em outro momento da entrevista, Marinho revelou uma brincadeira envolvendo Sánchez e Soteldo no fim da temporada passada que coincidiu com seu melhor momento sob o comando de Jorge Sampaoli.

"O Soteldo era o único que não saía do time. Tinha jogo que o Sampaoli tirava até o Sánchez. Aí, eu falei para o Sánchez: 'vou pintar o cabelo igual do Soteldo, ele não sai do time'. E eu pintei e não saí mais do time. Aí, fui até o fim do campeonato. Se eu ficasse com o cabelo preto, eu tinha ficado no banco", complementou o jogador.

UOL Esporte vê TV