PUBLICIDADE
Topo

Mauro: "13 milhões de euros não é grande negócio pela importância do Dudu"

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 04h00

No Palmeiras desde 2015, quando foi uma das principais contratações da gestão de Paulo Nobre, com Alexandre Mattos como diretor de futebol, Dudu se tornou ídolo da torcida ao liderar o time em momentos importantes, como na conquista dos títulos do Campeonato Brasileiro em 2016 e 2018 — a equipe não vencia a competição havia 22 anos. Após cinco temporadas, o atacante deve deixar o Alviverde depois de solicitar à diretoria que aceita a oferta do Al-Duhail, do Qatar.

No podcast Posse de Bola #40, o jornalista Mauro Cezar Pereira faz uma comparação da oferta do time catari pelo camisa 7 palmeirense com a negociação do Flamengo com o Arsenal pelo zagueiro Pablo Marí, que jogou apenas uma parte da última temporada pelo Rubro-Negro, e diz que a venda não é um grande negócio para o Palmeiras, embora no caso da venda o valor possa ser usado para reforçar o time paulista.

"Se você vende, por exemplo, 13 milhões de euros, é menos do que o Pablo Mari custou lá ou vai custar para o Arsenal, não é um grande negócio, se você pensar na importância do Dudu. Como o cara já prestou muitos serviços e é um dinheiro que você deixa de pagar e você passa a ter no seu fluxo de caixa um belo salário, para pagar um ou dois jogadores, ou até usar esse dinheiro para pagar uma aquisição de outro atleta parcelado, mais essa grana que vai receber, dá para fazer negócio no mercado", afirma Mauro Cezar (disponível no vídeo acima a partir de 48:25).

"O Palmeiras repassaria cerca de 3 milhões [de euros, à patrocinadora Crefisa], aí ficaria, digamos com 10 milhões de euros. E você com a folha de pagamento aliviada do seu mais alto salário, um salário alto para o nosso padrão aqui do país. Dá para fazer uma brincadeira boa no mercado", completa o jornalista.

Mauro diz acreditar que o Palmeiras possa não buscar uma reposição exatamente para a posição de Dudu, já que conta com um trio de ataque que poderia funcionar sem o camisa 7, além de o treinador Vanderlei Luxemburgo também contar com jovens da base, como Gabriel Verón.

"Buscar aí, de repente, um ou dois caras bons da posição dele ou de outra posição, de acordo com aquilo que o Palmeiras achar que precisa, até porque tem três bons atacantes, o Luiz Adriano, o Willian e o Rony. O Palmeiras pode até se virar com esses caras mais os garotos aí que estão pintando, e buscar um cara para outra posição. Vai da avaliação do próprio clube, da sua comissão técnica", analisa Mauro Cezar.

Alívio na folha salarial, mas baixa no elenco

Mauro Cezar acredita que as questões pessoais de Dudu possam estar ligadas ao pedido do jogador para deixar o Palmeiras e que, pelos serviços prestados e a recusa de propostas anteriores, o clube decidiu não segurar mais uma vez o atacante, que também pode significar uma redução considerável na folha salarial.

"Para mim está muito claro que o jogador está insistindo muito em ser cedido para o Al-Duhail lá do Qatar, emprestado, ou vendido, seja lá como for, porque ele quer sair daqui do Brasil. Ele está envolvido numa questão pessoal que todo mundo sabe, uma acusação da sua ex-mulher por agressão, isso está na justiça", diz Mauro.

"O Palmeiras está aceitando de repente uma negociação talvez até pelo fato de o jogador ter sido extremamente importante em muitos momentos, um jogador caro, você também alivia a folha de pagamento, tem isso, no momento de pandemia, você fica 'livre' de pagar o maior salário do elenco, que é o do Dudu, mas você tem uma baixa tremenda porque você perde um jogador muito importante", conclui o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol