PUBLICIDADE
Topo

Dois anos depois, brasileiros ainda não superaram o chute de Renato Augusto

Erro de Renato Augusto marcou eliminação do Brasil na Copa do Mundo da Rússia  - REUTERS/Ueslei Marcelino
Erro de Renato Augusto marcou eliminação do Brasil na Copa do Mundo da Rússia Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino

Do UOL, em São Paulo

06/07/2020 15h07

Classificação e Jogos

Há exatos dois anos, o Brasil foi eliminado pela Bélgica na Copa do Mundo da Rússia. E apesar das inúmeras chances brasileiras perdidas naquele duelo de quartas de final, nenhum outro lance ainda causa tanta tristeza como o chute de Renato Augusto que não entrou por centímetros.

Na partida, o próprio meio-campista precisou sair do banco e em apenas quatro minutos diminuiu o placar na Arena Kazan. Mas antes mesmo do gol, a equipe de Tite pressionou a Bélgica com diversos lances de perigo, inclusive com uma bola na trave de Thiago Silva. O destino, porém, quis que Renato Augusto ficasse marcado pelo derradeiro chute e fosse lembrado por boa parte dos brasileiros neste 6 de julho.

Poucos minutos depois de seu gol, ele recebeu parcialmente livre na entrada da área, tirou de Courtois e a bola raspou a trave. Renato colocou força suficiente para a bola não morrer nas redes, mas ficar guardado na memória dos brasileiros.

A bola, aquela maldita bola...

Futebol