PUBLICIDADE
Topo

Denílson se preocupa com público no RJ: 'Não dá para levar a sério'

Denílson com a camisa da seleção brasileira - Divulgação
Denílson com a camisa da seleção brasileira Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/06/2020 13h52

A presença de torcedores em jogos de futebol no Rio de Janeiro a partir de 10 de julho incomodou Denílson. Crítico da volta do Campeonato Carioca em meio à pandemia de coronavírus, o comentarista do Jogo Aberto reprovou o decreto do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos).

No último fim de semana, o prefeito oficializou a liberação de um terço de público nos estádios de futebol. A determinação, publicada no Diário Oficial, determina que estão liberadas "competições esportivas com capacidade simultânea máxima de 1/3, sem ultrapassar a regra de 4m² por pessoa". O Rio de Janeiro é o primeiro estadual em atividade do país.

"Não dá para levar a sério. A gente já faz uma crítica muito dura em relação à volta do Campeonato Carioca, por vários motivos. Enfim, o Carioca já está acontecendo. Agora, a volta do público é muito arriscada e perigosa. Eu não acho certo", disse Denílson durante o Jogo Aberto de hoje.

As semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, serão realizadas no dia 5 de julho (domingo). Já a final será no dia 8 (quarta-feira).

UOL Esporte vê TV