PUBLICIDADE
Topo

Deivid ganha força nos bastidores e vira peça-chave do Cruzeiro no mercado

Deivid, diretor técnico do Cruzeiro, ganhou força nos bastidores do clube - Gustavo Aleixo/Divulgação/Cruzeiro
Deivid, diretor técnico do Cruzeiro, ganhou força nos bastidores do clube Imagem: Gustavo Aleixo/Divulgação/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

26/06/2020 04h00

Deivid voltou ao Cruzeiro para assumir o cargo de diretor técnico de futebol em maio passado. Em pouco mais de um mês no novo cargo, ganhou força nos bastidores e se tornou o homem forte na Toca da Raposa II.

É o ex-jogador quem se responsabiliza por conversar com agentes e advogados a fim de acertar renovações e contratações de jogadores. Apesar da nomenclatura do cargo, ele atua como um executivo do departamento no dia a dia.

Deivid foi figura ativa na contratação do lateral direito Raúl Cáceres, do Cerro Porteño, do Paraguai. O estrangeiro foi anunciado na última quarta-feira (24). Foi o ídolo do clube quem conduziu as negociações com o estafe do jogador e o clube do Paraguai.

Recentemente, o ex-atacante do clube fez contato com agentes de jovens atletas com o objetivo de acertar renovações contratuais. Ricardo Drubscky, contratado como diretor de futebol pelo Conselho Gestor, atua ao lado de Deivid na pasta. Entretanto, sem a mesma representatividade no mercado da bola.

Deivid foi jogador do Cruzeiro em 2003. Ele voltou ao clube em 2015 como auxiliar técnico de Vanderlei Luxemburgo. Após a demissão do treinador, ele seguiu na comissão fixa do time e acabou assumindo o cargo de comandante em 2016. No cargo, não teve sucesso e acabou demitido para a contratação de Paulo Bento.

Cruzeiro