PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro se dispôs a pagar R$ 1,45 milhão com renovação de Henrique em 2019

Henrique (à esquerda) renovou contrato com o Cruzeiro durante a gestão de Itair Machado (à direita) - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Henrique (à esquerda) renovou contrato com o Cruzeiro durante a gestão de Itair Machado (à direita) Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

25/06/2020 04h00

Henrique está de volta ao Cruzeiro após uma curta passagem por empréstimo ao Fluminense. O meio-campista retorna à Toca da Raposa II com contrato até o fim de 2021. Em fevereiro do ano passado, ele acertou uma renovação que custou R$ 1,45 milhão aos cofres do clube.

A gestão comandada por Wagner Pires de Sá e Itair Machado se dispôs a desembolsar R$ 800 mil ao estafe do jogador, da empresa Fatto Gestão de Carreiras Ltda, como forma de comissão. Ainda houve luvas de R$ 650 mil, com pagamento em cinco parcelas idênticas de R$ 130 mil.

O atleta terá que se adequar à política salarial do clube. O Cruzeiro reduziu as remunerações no início de 2020 e passou a pagar no máximo R$ 150 mil por mês aos jogadores. Como os vencimentos do volante estão acima, ele precisa de enquadrar nos novos padrões. Ainda há uma redução por causa da pandemia do novo coronavírus.

Em sua renovação anterior, feita durante a gestão de Gilvan de Pinho Tavares, não houve pagamento de luvas ou comissão ao jogador e ao seu estafe, à época liderado pelo empresário Luis Carlini. O atleta trocou de representante em 2018, conforme divulgado pelo UOL Esporte há dois anos.

O presidente da Rapoaa, Sérgio Santos Rodrigues, confirmou o retorno do meio-campista ao Cruzeiro por meio de publicação nas redes sociais: "Ele retorna para o time que nunca deveria ter saído e não queria ter saído. Esses detalhes e alguns outros serão contados amanhã [hoje] para vocês. Os bastidores desse momento fatídico em que todos nós sofremos ano passado. Vocês, torcedores, podem ter certeza, que o Henrique foi um dos poucos que chorou naquele vestiário".

"Vocês irão saber toda essa verdade em breve. Ele volta pra ajudar a gente nesse processo de retorno à Série A para fazer companhia a aqueles guerreiros que também ficaram aqui neste momento difícil. Tenho certeza que esses que ficaram amam o Cruzeiro e tem o objetivo de encerrar a carreira aqui, pois eles tem paixão, caráter e tenho certeza, que junto com vocês, irão construir um novo Cruzeiro. Bem-vindo de volta, Henrique, para esta nova temporada, com toda certeza, de muito sucesso. A nação azul te agradece e te abraça", concluiu.

Cruzeiro