PUBLICIDADE
Topo

Liverpool

Liverpool é coroado de novo com Klopp e vence Premier League pela 1ª vez

Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, abraça o goleiro brasileiro Alisson - Andrew Powell/Liverpool FC via Getty Images
Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, abraça o goleiro brasileiro Alisson Imagem: Andrew Powell/Liverpool FC via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 18h12

O Liverpool, enfim, venceu a Premier League. O clube nunca havia sido campeão do torneio desde que ele passou a ter este nome, em 1992, e hoje fez história mesmo sem entrar em campo. O time de Jurgen Klopp, já coroado com a Liga dos Campeões da temporada passada, conquistou a taça inglesa graças à vitória do Chelsea sobre o vice-líder Manchester City.

Foram 86 pontos somados pelo Liverpool em 31 rodadas, contra 63 do City. Ou seja, como restam sete jogos, esta diferença de 23 pontos ainda pode crescer até a conclusão da temporada 2019/2020.

A taça foi conquistada de maneira antecipada, mas, de certa forma, também atrasada. Afinal, o torneio chegou a ser paralisado por causa do avanço do novo coronavírus no Reino Unido, e o futebol demorou para voltar por lá.

Os Reds não venciam o Campeonato Inglês desde 1989-1990, há longínquos 30 anos, mas têm muita história na competição. Aliás, com o título confirmado hoje, o Liverpool agora conta com 19 conquistas do torneio e só está atrás do Manchester United, que tem 20.

É até possível imaginar que muitos torcedores do Liverpool adorariam ter deixado o título para a semana que vem, quando enfrentarão justamente o Manchester City, mas, agora, a partida da 32ª rodada passa a ser uma boa oportunidade para comemorar o feito —desde que Pep Guardiola e companhia não carimbem a faixa vermelha, é claro.

Fato é que quem não estava acostumado a vestir azul acabou fazendo isso hoje. Com gols de Pulisic e do brasileiro Willian, de pênalti, o Chelsea fez 2 a 1 no City, antecipou a festa do Liverpool e ainda cavou a expulsão de Fernandinho, que vai cumprir suspensão automática e não poderá jogar contra os Reds na semana que vem.

Liverpool