PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro Cezar analisa mudanças com MP de Bolsonaro: "dependerá do mercado"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em Santos (SP)

20/06/2020 04h00

A medida provisória que altera os direitos de transmissão do futebol, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), tem agitado o noticiário desde quinta-feira (18). Segundo Mauro Cezar Pereira, a mudança na lei poderá gerar situações polêmicas. O blogueiro do UOL Esporte deu seus pitacos no "Fala, Maurão", vídeo gravado todas as quintas e publicados no Facebook, no Instagram e no Twitter do UOL Esporte.

"O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou a medida provisória que modifica a relação dos clubes com os seus direitos de transmissão no futebol brasileiro. Essa situação pode gerar uma série de situações, no mínimo, polêmicas. É muito cedo para avaliações definitivas, vai depender de como o mercado vai se movimentar", disse.

Mauro Cezar ainda compara a mudança no Brasil com o modelo praticado na Europa e diz que os clubes podem precisar agir em bloco para resolver situações inusitadas que possam surgir com a nova medida.

"Uma situação curiosa pode acontecer. A televisão que compre os direitos pode mostrar todos os jogos de uma equipe sem pagar um centavo para essa equipe no Campeonato Brasileiro, por exemplo. Ela pode comprar [os direitos] dos adversários dessa equipe nos jogos que esse time fizer fora de casa, e mostrar 19 partidas sem pagar nada para esse time. E os jogos desse clube em casa, a televisão não compra. Uma situação inusitada? De fato. Mas, isso pode ser resolvido com a união dos clubes em um bloco que negocie coletivamente pelo interesse geral", acrescenta.

No vídeo, o blogueiro ainda comenta a volta do futebol carioca e o impacto do goleiro Rogério Ceni nas eleições do São Paulo.

Futebol