PUBLICIDADE
Topo

Inter pede dados e estuda recorrer de julgamento do Gre-Nal da Libertadores

Jeferson Guareze/AGIF
Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

26/05/2020 04h00

O Internacional estuda entrar com recurso para diminuir a punição de Moisés, suspenso pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol por quatro jogos. Os advogados do clube gaúcho solicitaram os fundamentos da decisão do julgamento do Gre-Nal da fase de grupos da Copa Libertadores e aguardam os documentos para definir estratégia.

Caso o Inter não recorra, ou o recurso seja indeferido, Moisés estará fora do restante da fase de grupos do torneio. O lateral foi um dos protagonistas da confusão no final do clássico de 12 de março, na Arena do Grêmio.

De acordo com o departamento jurídico do Inter, com os fundamentos da decisão tomada pelo órgão disciplinar da Conmebol em mãos será possível avaliar melhor as chances de êxito.

O protocolo indica que o prazo para apresentar recurso comece a contar a partir da entrega dos fundamentos da decisão. Portanto, o Internacional passa a ganhar tempo até a chegada dos dados. Com eles, o clube poderá montar eventual defesa ao lateral.

A suspensão de Moisés preocupa, mas o gancho de Edenilson é considerado ainda pior. O camisa oito pegou três partidas e, pelo regulamento, não pode ter pena revisada a pedido do clube. Ou seja, só volta na última rodada da fase de grupos da Libertadores.

A despeito de Moisés e Edenilson, Victor Cuesta e Praxedes não receberam punição. O zagueiro e o jovem volante irão cumprir apenas a suspensão automática pelo cartão vermelho recebido no final do jogo contra o Grêmio.

Futebol