PUBLICIDADE
Topo

Diego Souza revela pedido de torcedores por volta do futebol: "É essencial"

Diego Souza testou positivo para o novo coronavírus no Rio de Janeiro, durante as férias - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Diego Souza testou positivo para o novo coronavírus no Rio de Janeiro, durante as férias Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

25/05/2020 12h04

Diego Souza voltou aos treinos no CT do Grêmio hoje, depois de se recuperar do quadro de Covid-19. Em entrevista à Grêmio TV, o jogador contou detalhes do período em casa e revelou cobranças de torcedores pela volta do futebol. Nas palavras do camisa 29, o esporte é 'entretenimento essencial' no Brasil.

A declaração de Diego veio após pergunta sobre a volta do Campeonato Alemão e liberação para retomada do campeonato na Espanha.

"Maravilhoso, né (ter jogos para assistir)? Em casa, sem futebol, parece que você está em outra coisa. Um domingo, uma quarta-feira, sem futebol é muito estranho. Não só para nós, que estamos sempre concentrados e acostumados com isso, mas para as pessoas normais. Muita gente cobrando, reclamando realmente? A gente sabe a dificuldade que o país vive, o mundo vive, mas o futebol é entretenimento essencial para o povo brasileiro", disse Diego Souza.

Em outro trecho da entrevista, o artilheiro do Grêmio na atual temporada falou sobre a preparação para retomada dos jogos.

"Realmente é muito difícil tudo isso que vem acontecendo no país. Muita saúde para vocês e que a gente está se empenhando bastante para que quando o campeonato voltar, a gente possa dar alegria que vocês merecem", apontou. "É muito ruim para o atleta, por estar acostumado com aquele ambiente. Mas temos tempo para irmos nos acostumando. Sabemos da dificuldade que vivemos no nosso país. O que importa é a gente conseguir trabalhar e quando entrar em campo, com essa camisa, dar o nosso melhor e buscar o que temos que buscar", adicionou ao falar do estádio sem torcida.

O jogador contou a cronologia do teste para o novo coronavírus, resultado e quarentena. Primeiro no Rio, depois no Rio Grande do Sul.

"Assim que estava para voltar a Porto Alegre, realizei o exame. Não tinha sintomas, nem motivo, mas fiz o exame e comprovou que eu estava com COVID-19 e permaneci mais uns dias no Rio. Mas sempre em contato com o doutor. Graças a Deus não tive nenhum problema, nem minha família", contou Diego Souza.

O atacante ainda detalhou a rotina de treinos, antes da testagem positiva.

"Antes de confirmar que eu tinha pego o COVID... eu moro em um condomínio e aí é muito mais fácil fazer algo. Tinha como correr, alguns tipo de trabalho ao ar livre e isso ajudou muito. Aí quando eu fiz o teste, o doutor pediu pra eu ficar mais resguardado", disse.

Diego Souza ficou em quarentena no Rio de Janeiro e depois passou mais uma semana isolado em Porto Alegre antes de ser liberado pelos médicos para retomar atividades.

Futebol