PUBLICIDADE
Topo

Grummy e Guilherme Costa vencem boleiros e estão na semi do "Todos por Um"

Do UOL, em São Paulo

15/05/2020 12h02

O desafio "Todos por Um" conheceu hoje os dois primeiros competidores que estarão nas semifinais da competição de videogame. E deu domínio dos "aquáticos" contra os boleiros. O atleta Grummy, da seleção brasileira de polo aquático, venceu o lateral Renê, do Flamengo, e o nadador Guilherme Costa superou o lateral Guga, do Atlético-MG.

Grummy e Guilherme Costa vão fazer a primeira semifinal do torneio no próximo domingo (17). Amanhã (16), o desafio "Todos por Um" vai definir os outros dois semifinalistas. Everton Ribeiro, do Flamengo, disputará um clássico com Gabriel, do Corinthians. E Davi Melo, filho do zagueiro e volante Felipe Melo, do Palmeiras, vai encarar Vina, do Ceará.

O torneio de videogame que reúne boleiros e estrelas do esporte está sendo transmitido pelo UOL desde segunda-feira (11) e vai até o próximo domingo (17). A competição é beneficente e tem como objetivo arrecadar fundos para o combate à pandemia do novo coronavírus. As doações feitas serão dobradas pelo PicPay.

O desafio é disputado em mata-mata, com cada partida tendo 15 minutos de duração. Em caso de empate, a definição vai para os pênaltis. Todo o campeonato é realizado no simulador de futebol eFootball PES 2020.

Renê 1 x 2 Grummy

A disputa começou em clima de fair play. Renê revelou que combinou com Grummy que, independentemente do vencedor, eles mandariam camisas um para o outro, do Flamengo e da seleção brasileira de polo aquático.

Renê escolheu novamente o seu próprio time na vida real, o Flamengo, com o qual havia goleado o Santos da atacante Cristiane na estreia. Grummy seguiu com o PSG que havia usado na vitória sobre Wallace, do vôlei, nas oitavas de final.

"Confesso que dessa vez eu treinei para pegar o PSG, mas não consegui ganhar nenhuma partida. Joguei oito partidas contra o PSG, empatei duas e perdi seis", disse Renê sobre a diferença dos times no game.

Depois de muita pressão no primeiro tempo, Grummy abriu o placar no cenário virtual do Maracanã. O atleta do polo aquático tinha tido boas chances com Cavani, mas o gol saiu com Draxler. Renê quase empatou no fim da etapa inicial, mas o goleiro Navas salvou o time de Grummy.

No começo do segundo tempo, com um belo chute de Cavani no ângulo, Grummy ampliou a vantagem. "Uma dose de sorte", disse o jogador. "Tá difícil", resumiu Renê após o 2 a 0 no placar.

Na transmissão, o narrador Ivan Bruno e o comentarista Rogério Morgado brincaram com a evolução de Grummy, que havia feito um jogo sem gols contra Wallace, se classificando apenas nos pênaltis, e agora dominava a partida diante de Renê. "Eu tenho informações de que o Grummy treinou por 48 horas seguidas", disse o locutor.

Renê reagiu após o gol e criou oportunidades, mas o gol só saiu nos acréscimos, com Gabigol. Já era tarde. Com o placar de 2 a 1, Grummy garantiu a classificação para a semifinal. "Eu treinei tanto que até o controle eu quebrei", disse o vencedor, que havia reclamado bastante durante o jogo sobre o joystick que ele usa no PlayStation 4.

Guga 2 x 3 Guilherme Costa

Depois de usar o Real Madrid para eliminar o Barcelona do craque Ferrão, do futsal, desta vez o lateral Guga colocou no game o seu Atlético-MG da vida real para encarar o Flamengo de Guilherme Costa. O nadador do Minas tinha usado o time rubro-negro na estreia, quando superou Matheus Henrique, do Grêmio.

Logo no começo do jogo, Guilherme Costa fez gol com Gabigol, chegou a comemorar, mas o bandeirinha do game anulou o lance apontando impedimento.

Na sequência, o Atlético-MG teve um pênalti que Guga converteu com perfeição usando Cazares, sem chances para o goleiro do Flamengo.

Ainda no primeiro tempo, Guilherme Costa conseguiu o empate - agora sim - com gol de Gabigol. Esse valeu. O nadador joga com o rubro-negro desde as oitavas de final porque esse é o seu time do coração, segundo ele. No fim da etapa inicial, Guga quase voltou a liderar o placar, mas parou no goleiro Diego Alves.

Assim como na vida real, existe a máxima de "quem não faz... toma". E logo no primeiro lance de perigo do segundo tempo veio a virada flamenguista. Com boa jogada usando Arrascaeta, Guilherme Costa virou o placar com outro gol de Gabigol. A reação foi confirmada pouco depois, com gol de Rodrigo Caio fazendo 3 a 1 para o Flamengo do nadador.

Guga ainda tentou retomar a chance de classificação e mandou o time do Atlético-MG para o ataque, mas perdia as chances criadas. O segundo gol saiu apenas no minuto virtual 89. No último lance, ainda houve uma falta perigosa para o Galo. Na sequência da cobrança, que pegou na barreira, Guga perdeu a chance de levar a disputa para os pênaltis.

O desafio

O "Todos Por Um" tem como objetivo ajudar o combate à pandemia do novo coronavírus. A competição pode ser assistida na home page do UOL e nas páginas do UOL Esporte no Facebook e no YouTube. O torneio tem 16 participantes e está sendo disputado em formato mata-mata.

Falcão, ídolo do futsal brasileiro, é embaixador do torneio e tem apoio da organização G10 das Favelas. Em isolamento social, estrelas do mundo do esporte entrarão em ação em um de seus hobbies prediletos para ajudar quem precisa.

Os esportistas se enfrentarão em um campeonato do jogo PES, que simula partidas de futebol, e incentivarão os espectadores a realizarem doações a comunidades carentes que sofrem com as consequências da covid-19. Todo valor arrecadado será dobrado pelo PicPay.

Confira a tabela de jogos

11/05, 11h: Cristiane 1 x 5 Renê
11/05, 11h30: Wallace 0 (1) x 0 (2) Grummy
12/05, 12h: Matheus Henrique 1 x 2 Guilherme Costa
13/05, 11h30: Gabriel 0 (3) x 0 (1) Osvaldo
13/05, 12h: Everton Ribeiro 2 x 0 Nenê
14/05, 11h: Andressa 0 x 1 Davi Melo
14/05, 11h30: Vina 2 x 1 Pablo
14/05, 12h: Ferrão 0 x 1 Guga

Duelos das quartas de final

15/05, 11h: Renê 1 x 2 Grummy
15/05, 11h30: Guga 2 x 3 Guilherme Costa
16/05, 11h: Everton Ribeiro x Gabriel
16/05, 11h30: Davi Melo x Vina

Futebol