PUBLICIDADE
Topo

Gauchão projeta jogos de volta em 15 de julho e sem sede única para jogos

Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

14/05/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Nota oficial da FGF estima retorno dos jogos em meados de julho ou início de agosto, mas clubes e federação falaram de data específica
  • Equipes do interior ouviram que FGF vai conversar com secretarias municipais em busca de aval para jogos sem torcida
  • Ideia de disputar rodadas faltantes e mata-matas em sede única sequer foi mencionada na videoconferência
  • Os times do Gauchão estão divididos em oito cidades do Rio Grande do Sul. Nenhuma tem liberação para eventos atualmente
Classificação e Jogos

15 de julho. Esta é a data projetada pela FGF (Federação Gaúcha de Futebol), Grêmio, Internacional e os demais dez clubes para retomada das partidas válidas pelo Campeonato Gaúcho. Na videoconferência em que foi aprovada a alteração de regulamento, sem rebaixamento em 2020, também ficou alinhado que haverá tratativas com as oito cidades envolvidas no Gauchão para evitar sede única.

A ideia de partidas em uma cidade foi aventada na semana passada e voltou a ser especulada horas antes da reunião virtual que alterou regras do Gauchão.

Segundo apurou o UOL Esporte, a possibilidade de sede única para o Campeonato Gaúcho não foi mencionada no encontro. Pelo contrário. Foi garantido aos clubes do interior que a FGF fará contato com secretarias de saúde municipais para tratar da liberação de jogos sem torcida.

Horas antes da videoconferência entre os dirigentes, o Pelotas manteve veto de treinos durante a pandemia do novo coronavírus. Brasil-PEL e Pelotas aguardavam novidades de olho na volta dos treinamentos — que devem ser planejados pelos dez times do interior para o final de junho.

O formato de uma eventual decisão, envolvendo o Caxias (campeão do primeiro turno) e o ganhador do returno, ainda não foi discutido. Mas a ideia da FGF é transformar a possível final em jogo único. O tema depende de aval da Globo, detentora dos direitos, e da CBF.

As 12 equipes que disputam o Gauchão estão divididas em oito cidades. Todas se encaixam em protocolos estaduais que, atualmente, não liberam eventos.

Porto Alegre é a única cidade com decreto que autoriza retomada de treinamentos. Por isso, Grêmio e Inter voltaram aos trabalhos no início da semana passada. O São José-POA ainda não retomou as atividades.

O Campeonato Gaúcho foi suspenso em 16 de março, faltando três rodadas para a conclusão da fase de classificação do segundo turno.

Futebol