PUBLICIDADE
Topo

Fora de duas edições, Palmeiras ocupa 10º lugar na era dos pontos corridos

Felipe Melo comemora segundo gol do Palmeiras em vitória sobre o São Paulo pelo Brasileirão 2019 - Bruno Ulivieri/AGIF
Felipe Melo comemora segundo gol do Palmeiras em vitória sobre o São Paulo pelo Brasileirão 2019 Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

29/04/2020 04h00

Desde que o Brasileirão de pontos corridos passou a fazer parte do calendário em 2003, o Palmeiras teve de disputar a Série B duas vezes. As ausências contribuíram para que o time alviverde ocupe uma posição intermediária no ranking mostrado em um levantamento feito pelo UOL Esporte.

Após 17 edições dos pontos corridos, o Palmeiras soma 902 pontos no total, assim como o Athletico-PR. As equipes aparecem na décima posição, atrás de Atlético-MG (904), Fluminense (937), Grêmio (963), Inter (975), Corinthians (986), Flamengo (1.009), Cruzeiro (1.030), Santos (1.043) e São Paulo (1.103).

O Palmeiras foi rebaixado pela primeira vez em 2002. No primeiro ano dos pontos corridos, dessa forma, disputou a Série B. Em 2012, a equipe voltou a cair. Nas duas ocasiões, obteve o acesso na temporada seguinte. Já o time paranaense viveu o rebaixamento em 2011.

Mesmo com uma aparição a menos nas edições dos pontos corridos, o Palmeiras chegou ao empate com o Athletico-PR após uma ascensão nas últimas temporadas. A diferença chegou a ser de 68 pontos em 2015.

Apenas cinco clubes disputaram as 17 edições dos pontos corridos (de 2003 a 2019): São Paulo, Santos, Cruzeiro, Flamengo e Fluminense. Na atual temporada, o time mineiro deixará de fazer parte dessa lista.

A disputa de todas as edições ajudou o grupo a alcançar os primeiros lugares, com exceção do Fluminense. Campeão de 2010 e 2012, o time carioca correu risco de rebaixamento em sete edições, quando marcou menos de 48 pontos. Em 2009, por exemplo, escapou na última rodada, com 46 pontos. Quatro anos depois, foi 15º com a mesma pontuação.

Entre os dez primeiros, cinco times caíram uma vez: Corinthians, Inter, Grêmio, Atlético-MG e Athletico-PR. Todos ocupam o bloco intermediário no ranking.

Palmeiras