PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Santos chama Gustavo Henrique, do Flamengo, de "sem caráter"

Gustavo Henrique abre o placar para o Flamengo contra o Barcelona-EQU pela Libertadores - Thiago Ribeiro/AGIF
Gustavo Henrique abre o placar para o Flamengo contra o Barcelona-EQU pela Libertadores Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

10/04/2020 21h25

O presidente José Carlos Peres, do Santos, afirmou que o zagueiro Gustavo Henrique, que se transferiu para o Flamengo no começo deste ano, não tem "caráter".

Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, o mandatário disse que o defensor havia dado sua palavra que renovaria com o Santos, mas teria deixado de lado até mesmo o antigo empresário para fechar com o rubro-negro. Peres falava sobre o status da renovação de Yuri Alberto, quando emendou criticando as saídas de Lucas Lima, para o Palmeiras, e Gustavo Henrique.

"Fizemos proposta cinco vezes maior (do que recebe hoje). É um bom menino (Yuri Alberto), mas ainda não provou o que os caras acham que ele vale. Teria que passar um período maior aqui no Santos. Eu não faria o que ele está fazendo. Que não seja mais um a sair pela porta dos fundos, como um que foi para o Palmeiras antes da minha gestão (Lucas Lima) e outro, sem caráter, que foi para o Flamengo e passou o empresário para trás. Gustavo Henrique prometeu pra mim que o Santos teria prioridade, mas sumiu e foi embora pro Flamengo. Não sou que estou falando, mas a história: quem sai do Santos pela porta dos fundos tem dificuldades de vingar em outros clubes", disparou Peres.

De fato, Gustavo Henrique e o empresário Fernando César quebraram uma relação de mais de 10 anos durante o acerto do zagueiro com o Flamengo. O defensor explicou que deixou César para acertar com os cariocas, já que o agente queria colocar o defensor na Europa.

A ida ao velho continente seduzia Gustavo Henrique, mas o ex-camisa 6 do Santos teve proposta do Flamengo antes de uma oportunidade concreta surgir na Europa e foi seduzido pelo projeto rubro-negro.

Futebol