PUBLICIDADE
Topo

Sócio-Rei: promoção tem resposta positiva, e Santos soma ativações

Marcelo Frazão, executivo de marketing e comunicação do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Marcelo Frazão, executivo de marketing e comunicação do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

06/04/2020 11h00

O Santos fez uma campanha promocional de aniversário em seu programa de sócios aliado a um manifesto sobre a importância do associado nessa época de cris, e a resposta do torcedor foi positiva. Desde que anunciou a promoção, no dia 1º de abril, o Peixe soma em torno de mil operações, entre renovações e novas associações, num período de pausa no futebol brasileiro.

O clube cortou o preço da mensalidade do plano Silver pela metade —tanto para o valor masculino quanto o feminino, que normalmente já custa a metade da quantia integral. Assim, homens que quiserem se associar ou renovar seu plano de sócio pagam mensalidade de R$ 13,50, enquanto mulheres desembolsam R$ 6,75 mensalmente.

A intenção santista nesse momento de crise é "inverter a lógica", criando um apelo por novas adesões tanto financeiramente quanto emocionalmente, ao explicar, no manifesto, a importância do associado para o Santos ao longo da história, buscando engajar o torcedor em prol do clube.

A promoção também tem como plano estratégico evitar a perda de sócios que teriam seus planos vencendo neste período.

O Santos já sofre com patrocinadores, uma vez que a Amazing Thailand —marca ligada ao governo tailandês com intuito de incentivar o turismo— suspendeu o patrocínio até o fim da quarentena. A marca estampava as omoplatas das categorias de base do Peixe.

A Algar, empresa de tecnologia, teve seu vínculo encerrado em março e ainda não acertou renovação, uma vez que o futebol está paralisado e não haveria exposição. O Santos estava perto de renovar o patrocínio com a Algar e está otimista em retomar as conversas assim que os campeonatos voltarem.

Santos