PUBLICIDADE
Topo

Camisa 9 estreante tenta não se abalar com mais uma lesão no Palmeiras

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

07/03/2020 20h18

Classificação e Jogos

Estreia pelo Palmeiras com a camisa 9 às costas, no Allianz Parque e como titular. Depois de tanta espera, Luan Silva finalmente fez seu primeiro jogo pelo Alviverde hoje, mas deixou o empate por 1 a 1 contra a Ferroviária chorando. O frustrante debute terminou com lesão, e o atacante admite o momento difícil.

"É uma tristeza. Uma estreia depois de muito tempo, então é difícil lesionar novamente, passa um filme pela cabeça", falou Luan Silva na zona mista, mas sem deixar a provação minar sua confiança. "É mais uma batalha que vou passar por cima. Sei que tenho o apoio da torcida, da minha família, de todo o mundo. Então vou voltar mais forte ainda, com certeza", disse. Ele deve passar por exames para saber a extensão do problema muscular na coxa esquerda.

"Fico feliz pela atuação, porque foram 30 minutos de jogo e eu pude me doar bastante. Infelizmente ocorreu um acidente, estiramento na coxa, mas espero que não seja nada grave. Estou triste, mas de certa forma feliz e agradeço à torcida pelo apoio", falou Luan.

Luan jogou 43 minutos e deu uma finalização a gol na curta estreia. Movimentou-se e não errou muito, mas por muito tempo ficou preso ao bom posicionamento da defesa da Ferroviária. Nas boas jogadas que o Palmeiras emplacou no primeiro tempo, em velocidade, o camisa 9 não teve protagonismo.

"Eu falei com ele na saída", contou Vanderlei Luxemburgo em entrevista coletiva. "Sabe, eu não machuco porque não jogo, mas nós temos que conversar com ele, porque [a lesão] faz parte do futebol. É uma pena, mas a vida dele continua. Já foi inscrito, já entrou, e é um jogador com quem contamos muito", falou o treinador.

Luan Silva chegou ao Palmeiras no meio de 2019, mas logo teve que passar por duas cirurgias no joelho esquerdo para corrigir uma lesão de cartilagem. Ele pertence ao Vitória e está emprestado até maio.

Palmeiras