PUBLICIDADE
Topo

Bisneto de vice-campeão em 50 e filho de algoz do Santos assina 1º contrato

Lucas Yan (esq.) e Kauan (dir.) assinaram contrato com o Santos - Reprodução
Lucas Yan (esq.) e Kauan (dir.) assinaram contrato com o Santos Imagem: Reprodução

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

27/02/2020 04h00

A habilidade no futebol não é uma característica necessariamente hereditária, mas não são poucas as histórias em que pai e filho têm sucesso no futebol. Quando se trata da família Ferreira, a paixão e o talento com a bola nos pés atravessam gerações. O mais novo membro oficial deste grupo é Lucas Yan, de 14 anos, que assinou ontem (26) o primeiro contrato de formação com Santos.

O meia que chegou até as semifinais do Paulista sub-13 no ano passado com o Peixe é bisneto de Olavo Rodrigues Barbosa, o Nena, zagueiro que fez carreira no Internacional e na Portuguesa e foi vice-campeão do mundo com a seleção brasileira na Copa de 1950.

O pai de Lucas é André Ricardo Ferreira, o Andrezinho, lateral que atuou pelo Corinthians em 2001 e iniciou a jogada do gol de Ricardinho, nos minutos finais da semifinal do Paulistão daquele ano, que eliminou o Santos da competição.

Atuando como segundo volante, Lucas Yan foi um dos atletas de confiança do técnico Bruno Silva na campanha no Estadual do ano passado. Ele completou 14 anos em janeiro e logo assinou o contrato de formação com o Peixe. O jogador seguirá sob comando do técnico Bruno Silva, promovido ao sub-15 neste ano.

Com cidadania italiana herdada da mãe, Lucas atraiu interesse do futebol europeu antes de assinar o vínculo com Peixe, mas preferiu permanecer no clube. Ele iniciou a carreira no futsal sub-8 do Palmeiras e passou pelo campo do São Paulo antes de chegar ao Santos. Curiosamente, o jogador foi "descoberto" brincando entre as mulheres.

"Até por ter jogado, eu não queria muito que ele fosse jogador, mas ele tinha talento. A minha esposa estava jogando no Playball, em São Paulo, e uma menina machucou. Ele estava brincando do lado de fora e pediram para ele entrar só para não acabar o jogo. Tinha uma olheira do Palmeiras vendo e convidou ele. Aí começou", explicou Andrezinho em contato com o UOL Esporte.

Mas a "hereditariedade" não para em Lucas: o filho mais novo de Andrezinho, Kauan, também é destaque com a camisa 10 do sub-7 do futsal do Santos. Eleito craque e campeão da Liga Paulista sub-7, Kauan já assinou um pré-contrato de formação com o clube. Os dois são agenciados pela Mengoni Sports.

Santos