PUBLICIDADE
Topo

Willian obtém cidadania britânica e mostra vontade de permanecer em Londres

Willian consegue cidadania britanica e tem vontade de permancer em Londres  - Ben Stansall/AFP
Willian consegue cidadania britanica e tem vontade de permancer em Londres Imagem: Ben Stansall/AFP

Do UOL, em São Paulo

20/02/2020 19h40Atualizada em 21/02/2020 14h03

O meia-atacante Willian, do Chelsea e da seleção brasileira, passou no teste de cidadania britânica a seis meses do fim de seu contrato com o clube inglês. O atacante, que considera Londres como sua segunda casa, revelou que ele e sua família não têm planos de deixar a cidade até o fim da temporada.

"Se você perguntar à minha esposa se ela quer sair de Londres, ela dirá não. Minhas filhas sentem o mesmo. Claro, o Brasil é o Brasil, certo? É a nossa casa, a nossa cultura. Sempre nos sentimos bem quando vamos lá de férias e vemos a família e os amigos. Mas Londres é minha segunda casa", afirmou.

O jogador, natural de Ribeirão Pires-SP, mora na capital inglesa desde 2013, quando foi comprado do clube russo Anzhi Makhachkala. Junto do time londrino, conquistou dois títulos do Campeonato Inglês, uma Copa da Inglaterra e uma Liga Europa.

Antes de conseguir passar na prova de cidadania, Willian falhou em suas duas primeiras tentativas pela grande dificuldade dos testes.

"Algumas perguntas são tão difíceis que nem alguns dos meus amigos britânicos sabiam as respostas! Comprei este manual chamado 'Life in the UK Test', que cobre tudo no exame. Não sei quantas horas passei lendo. Também baixei um aplicativo de telefone com testes simulados."

O atacante conta ainda que a prova abrange os principais aspectos históricos da Grã-Bretanha.

"É a história britânica em poucas palavras: os anos 1500, 1600, guerras, batalhas, grandes líderes, coisas assim."

O Futuro de Willian no Chelsea

A recente chegada do meia-atacante holandês naturalizado marroquino Hakim Ziyech coloca em xeque a permanência de Willian no Chelsea. A situação se complica ainda com o baixo histórico do clube do oeste de Londres em renovar com atletas com mais de 30 anos.

Contando com Callum Hudson-Odoi, Christian Pulisic e Pedro, o clube ainda monitora a situação da estrela do Borussia Dortmund, Jadon Sancho.

Futebol